Pesquisadores descobrem anomalias térmicas nas Pirâmides de Gize
426
Compartilhamentos

Pesquisadores descobrem anomalias térmicas nas Pirâmides de Gize

Último Vídeo

As Pirâmides do Egito, apesar de terem milhares de anos e de estarem entre as estruturas arqueológicas mais estudadas do mundo, continuam surpreendendo! Segundo Russell McLendon, do portal Mother Nature Network, um time de pesquisadores realizando levantamentos por meio escâneres de infravermelho descobriu uma série de anomalias térmicas na Necrópole de Gize.

De acordo com Russell, os pesquisadores fazem parte do projeto Scan Piramids, que tem como objetivo detectar a presença de cavidades e estruturas internas desconhecidas através de técnicas não invasivas e que não provocarão qualquer dano à necrópole. Os cientistas estão focados no estudo das pirâmides de Quéops, Quéfren e Miquerinos. Em apenas um mês após o início dos trabalhos, eles já fizeram descobertas interessantes.

Desvendando segredos

Os levantamentos foram conduzidos logo ao amanhecer, quando a luz do sol começa a aquecer as pirâmides, e ao entardecer, quando a temperatura das estruturas volta a cair. Segundo os pesquisadores, materiais diferentes — como rochas, areia ou o ar — absorvem e perdem o calor com ritmos distintos, e as anomalias térmicas registradas pelos equipamentos podem indicar a presença de rachaduras ou depressões nas pedras.

Entretanto, segundo Fiona MacDonald, do portal Science Alert, também é possível que os dispositivos identifiquem potenciais câmaras, passagens secretas ou até tumbas que ninguém descobriu ainda. O mais impressionante é que, além de os levantamentos terem apontado várias dessas anomalias nas três estruturas, os pesquisadores identificaram uma diferença térmica bastante significativa na Pirâmide de Quéops, justo ao nível do solo.

Conforme explicaram, ao que tudo indica, parece que existe uma pequena passagem no local que leva a uma área com uma temperatura diferente. No entanto, o time foi cauteloso ao anunciar a descoberta e, apesar de várias hipóteses excitantes terem sido propostas, os cientistas pensam que pode se tratar de cavidades com correntes de ar ou de áreas que foram construídas com materiais diferentes.

Por sorte, o projeto deve continuar até o final do ano que vem, o que significa que muitas descobertas poderão ser feitas até lá. Além disso, os cientistas devem criar modelos tridimensionais e simulações das pirâmides. Mesmo que os levantamentos não revelem nenhuma tumba secreta ou câmara cheia de tesouros arqueológicos, a esperança é de que os estudos permitam que os egiptólogos entendam de uma vez por todas como as estruturas foram construídas.

Você tem algum palpite com respeito à construção das Pirâmides do Egito? Comente no Fórum do Mega Curioso

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.