Capela napolitana abriga algumas das esculturas mais espetaculares do mundo
115
Compartilhamentos

Capela napolitana abriga algumas das esculturas mais espetaculares do mundo

Último Vídeo

Você já ouviu falar de uma capelinha chamada Cappella Sansevero? Ela fica em Nápoles, na Itália, e consiste em uma igrejinha pequenina que abriga algumas das esculturas em mármore mais espetaculares do mundo. De acordo com o pessoal do site Twisted Sifter, no total, a capela — que também é museu — conta com 28 trabalhos, a maioria criada por alguns dos maiores escultores italianos do século 18, como Antonio Corradini, Francesco Queirolo e Giuseppe Sanmartino.

No interior da capela, os visitantes podem encontrar obras de temática sacra, obviamente, mas outras esculturas também, e os trabalhos são realmente impressionantes.  Segundo o Twisted Sifter, o patrono da Cappella Sansevero foi um nobre chamado Raimondo di Sangro, Príncipe de Sansavero, e esse cara participava diretamente na definição dos temas e na escolha das obras que fariam parte do acervo da igreja. E ele tinha um gosto refinado e um olho bem apurado para os detalhes, pois, veja algumas das peças que Raimondo selecionou!

1 – “Cristo Velato”, de Giuseppe Sanmartino (1753)

Cristo com véu

Veja mais detalhes da escultura na galeria a seguir:

2 – “Disinganno”, de Francesco Queirolo (1753-1754)

Desilusão

Veja mais detalhes da escultura na galeria a seguir:

3 – “Pudicizia”, de Antonio Corradini (1752)

Modéstia

Veja mais detalhes da escultura na galeria a seguir:

4 – “Altare Maggiore”, de Francesco Celebrano e Paolo Persico (1760-)

Altar Principal

Veja mais detalhes do altar na galeria a seguir:

E, abaixo, reunimos mais detalhes impressionantes e esculturas belíssimas que se encontram no interior da capela:

***

Você já se inscreveu para receber a newsletter do Mega Curioso? Não? Então, clique aqui e se inscreva para receber nossas doses semanais de curiosidades no seu email!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.