Pergaminhos carbonizados pelo Monte Vesúvio podem ser desvendados

Pergaminhos carbonizados pelo Monte Vesúvio podem ser desvendados

Último Vídeo

A história de destruição de Pompéia e Herculano é muito conhecida e você, provavelmente, até já viu filmes nos quais o Monte Vesúvio explode em uma chuva de fogo que aniquila as cidades. A explosão vulcânica do Vesúvio dizimou as cidades e seu povo e, além disso, pergaminhos importantes foram carbonizados pelos detritos quentes, transformando os pergaminhos em peças de carbono sensíveis, quebradiços e tão frágeis que não poderiam ser desvendados. Até agora.

Quase 2 mil anos depois da tragédia, uma equipe de pesquisadores da Universidade de Kentucky, com a ajuda da Diamond Light Source, do Reino Unido, afirma ter tecnologia suficiente para “abrir” os pergaminhos e decifrar o texto em papiro quase destruído pelo Vesúvio.

Raios X pela História!

De acordo com os pesquisadores, as peças de carbono que se formaram com os pergaminhos serão explodidas com raios X de alta energia. Com isso, serão captadas as marcas de tintas invisíveis a olho nu. Mas como decifrar essas marcas? Com inteligência artificial. O professor Brent Seales, diretor da Iniciativa de Restauração Digital da Universidade de Kentucky, explicou em comunicado que não há expectativa de ver imediatamente os textos dessas digitalizações, mas que elas podem fornecer elementos importantes para permitir a visualização.

Foto: University of Kentucky

“Primeiro, veremos imediatamente a estrutura interna dos pergaminhos em definição que jamais foi possível. Precisamos desse nível de detalhe para descobrir as camadas altamente compactadas nas quais o texto está assentado”, disse. A ferramenta que está sendo desenvolvida amplificará o sinal de tinta e, dessa maneira, irá treinar um algoritmo de computador para reconhecê-lo, explicou Seales.

O conjunto com dois pergaminhos completos e quatro fragmentos foi encontrado ao lado de outros milhares papiros, em 1752, ao redor das ruínas de uma vila romana perto da Baía de Nápoles. Acredita-se que esses textos sejam a única biblioteca sobrevivente em sua totalidade e elas guardam escritos filosóficos que podem dar uma visão mais ampla de como o mundo era constituído durante o Império Romano.

Conhecidos como pergaminhos de Herculano, eles já passaram por tentativas “amplamente desastrosas” de serem desenrolados. Dessa vez, a tecnologia deve ajudar a desvendar os mistérios que foram lacrados com a explosão do Monte Vesúvio.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.