Designer de tortas: confeiteira cria 'obras de arte' com o prato

Designer de tortas: confeiteira cria 'obras de arte' com o prato

Último Vídeo

Tradicionalmente, a Alemanha é um país muito mais conhecido por bolos do que por tortas, mas isso não intimidou a confeiteira Karin Pfeiff-Boscheka, que se tornou referência e uma verdadeira sensação ao criar “tortas fotogênicas”, por estilizar o prato com criatividade apresentando-o nos mais variados formatos.

Normalmente, Karin faz cerca de três tortas por semana, tira as fotos e posta no Instagram. A maioria delas acaba indo para seus amigos ou para alguma instituição de caridade. 

(Fonte: karinpfeiffboschek/ Instagram/ Reprodução)(Fonte: karinpfeiffboschek/ Instagram/ Reprodução)

O portfólio online da confeiteira sempre recebe milhares de curtidas e comentários, o que não é estranho, dada a ideia singular e o apelo da decoração da massa, algo impossível de passar despercebido.

(Fonte: karinpfeiffboschek/ Instagram/ Reprodução)(Fonte: karinpfeiffboschek/ Instagram/ Reprodução)

Além de todo o trabalho único, a confeiteira ainda parte do princípio de que a massa precisa ter uma aparência boa para fotos, tanto antes quanto depois de ser assada. Como consequência da habilidade da profissional, o resultado é um teatro culinário com estrelas, frutos, plantas, corações, rosas, tranças e até diamantes.

Talento de família

O repertório culinário de Karin Pfeiff-Boschek reflete suas próprias tradições familiares. A confeiteira aprendeu a desenvolver seus dons com a mãe e avós, ainda quando era criança. 

(Fonte: karinpfeiffboschek/ Instagram/ Reprodução)(Fonte: karinpfeiffboschek/ Instagram/ Reprodução)

Mas as coisas tomaram outros rumos quando ela conheceu o norte-americano Bruce Boschek e se casou com ele. Com isso, ela teve acesso as lições e receitas de tortas da sogra — uma confeiteira premiada.

Sobre os motivos que a levaram a se especializar em tortas e não em bolos, como era de se esperar, Karin revela que a decisão tinha mais a ver com estratégia de mercado já que: "os bolos não eram tão interessantes, porque haviam muitos decoradores fantásticos".  Sendo assim, a decoração de tortas ainda era um mundo amplo e, por isso, havia muito espaço para criações e inovações.

(Fonte: karinpfeiffboschek/ Instagram/ Reprodução)(Fonte: karinpfeiffboschek/ Instagram/ Reprodução)

Com o passar dos anos, a confeiteira desenvolveu suas próprias técnicas, assim como aprendeu quais os melhores utensílios para cada trabalho. 

Agora, na casa dos 60 anos, Karin diz haver lugar e momento para ambos os pratos de confeitaria. Mas apesar de ser uma verdadeira “designer de tortas”, ela admite que prefere bolo acompanhado por café ou chá.

(Fonte: karinpfeiffboschek/ Instagram/ Reprodução)(Fonte: karinpfeiffboschek/ Instagram/ Reprodução)

No vídeo abaixo, você pode conferir um dos processos de criação de Karin:

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.