Fabbriche di Careggine: vila italiana subaquática pode emergir

Fabbriche di Careggine: vila italiana subaquática pode emergir

Último Vídeo

Uma famosa vila medieval italiana pode ressurgir depois de algumas décadas completamente submersa. A Fabbriche di Careggine, que remonta à Toscana do século XII, vive um fenômeno de idas e vindas devido a barragens hidrelétricas que são construídas na região. No entanto, sempre que o lago é drenado para manutenções corriqueiras, as pessoas conseguem visualizar novamente as casas que vivem embaixo da água durante a maior parte do tempo. 

(Fonte: Romano Cagnoni/Reprodução)(Fonte: Romano Cagnoni/Reprodução)

Mas o ressurgimento da vila medieval não acontece com tanta frequência assim. Até hoje, desde que os moradores locais tiveram de se mudar para um outro lugar, em 1946, a Fabbriche di Careggine só foi vista em quatro ocasiões nos anos de 1958, 1974, 1983 e 1994. Porém, agora, de acordo com a rede Sky News, a drenagem pode ocorrer muito em breve — já no próximo ano.

Visitas turísticas

Lorenza Giorgi, a filha do ex-prefeito de Vagli di Sotto, local para onde muitas pessoas migraram com a construção da barragem que deixaria a vila submersa, compartilhou em suas redes sociais no mês passado que algumas fontes, não reveladas por ela, lhe disseram que o lago sofreria o processo de drenagem em 2021. Aparentemente, a ideia é que a imprensa pudesse investigar mais a fundo se isso realmente aconteceria para que novos turistas pudessem conhecer a região, beneficiando-os de alguma forma.

(Fonte: Wikimedia Commons)(Fonte: Wikimedia Commons)

Em 1994, quando a vila foi vista pela última vez, estima-se que mais de um milhão de pessoas tenham ido visitá-la. Embora a informação ainda não tenha sido confirmada oficialmente por nenhuma autoridade responsável, a Enel, empresa que opera a barragem, contou à rede de notícias CNN que já discute com a Vagli di Sotto acerca de oportunidades relacionadas ao turismo na região.

Embora não tenha uma extensão territorial abundante, a Fabbriche di Careggine possui algumas casas de pedra bastante peculiares, com estruturas impressionantes. Além das casas, o local também abriga um cemitério, uma ponte e a Igreja de San Teodoro. Os historiadores afirmam que os primeiros habitantes do local eram, sobretudo, ferreiros que vinham de diversas regiões da Itália, já que no século XIII a vila se tornou bastante conhecida por comercializar muitos produtos oriundos do ferro.

Será que o boato vai se confirmar?

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.