Seja o primeiro a compartilhar

6 coisas sobre a China que você talvez não saiba

Conhecido por ser um dos maiores países em termos de território e por ter a maior população do mundo, a China é uma nação com uma história muito antiga e cheia de peculiaridades. Para se ter ideia, a população local foi estimada em 1,4 bilhão de pessoas em 2020.

Apesar de a sua cultura ter sido extremamente reservada no passado, a China aproveitou os dias atuais do mundo globalizado para compartilhar um pouco de sua história. Pensando nisso, nós separamos seis curiosidades sobre esse incrível país asiático!

1. Os animais do calendário chinês

(Fonte: Internet/Reprodução)(Fonte: Internet/Reprodução)

Similar ao que conhecemos como os signos do zodíaco, a China possuí um calendário zodíaco composto por 12 animais diferentes. O marcador temporal é baseado no calendário lunar e cada ano é representado por um animal diferente. O sistema dura 12 anos e repete-se ao fim de cada ciclo.

Em ordem, os animais representados são: rato, boi, tigre, coelho, dragão, cobra, cavalo, cabra, macaco, galo, cão e porco. Além de cada um deles receber um signo Ying ou Yang, que se alternam a cada ano, todos os animais são associados com os elementos madeira, terra, água, fogo ou metal.

2. Carne de cachorro

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Durante o Festival de Yulin, que celebra a chegada do solstício de verão na China, a cidade no sudeste do país se alimenta de cachorros. Em um único dia de festividade, centenas de cães são usados em um banquete. Na cultura local, acredita-se que a carne de cachorro traz boa sorte e saúde.

Em 2014, cerca de 4 mil cachorros foram mortos durante as festas. Porém, mais restrições têm sido aplicadas quanto ao consumo de animais como os cachorros e a morte deles caiu consideravelmente nesse tipo de festividade durante os últimos anos.

3. Apenas dois filhos

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Até o fim de 2015, só se era permitido ter um único filho na China. A lei foi introduzida pelo partido comunista nos anos 1970 para desacelerar o crescimento fora de controle da população local. O governo, então, passou a distribuir métodos contraceptivos e as limitações no número de filhos foi decretada.

Entretanto, uma nova legislação aumentando o limite de crianças de um para dois filhos foi aprovada em janeiro de 2016. O objetivo da medida era balancear a proporção de homens e mulheres no país, visto que os casais haviam preferência por terem apenas meninos.

4. Maior palácio do mundo

(Fonte: Wikimedia Commons)(Fonte: Wikimedia Commons)

Construída no século XV, a Cidade Proibida foi lar para o palácio imperial chinês no passado e é o maior palácio do mundo todo. A construção envolveu cerca de um milhão de trabalhadores e foi desenhada por três arquitetos diferentes. 

O palácio é composto por 980 edifícios que totalizam 9 mil quartos. No total, a construção ocupa uma área de 0,7 km².

5. Rede de trilhos

(Fonte: Metrô de Pequim)(Fonte: Metrô de Pequim)

A maior rede de trilhos de metrô e trem está localizada na China. A proporção do projeto é tão grande que nem mesmo a somatória de todos os outros sistemas de trilho no mundo alcançam as proporções do sistema chinês. 

Em 2017, a China possuía 20 mil km de comprimento de trilhos e a expectativa é que mais 15 mil km de trilhos sejam adicionados até o fim de 2025.

6. Lar dos pandas

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Além de todos os aspectos culturais, a China também é lar para uma incrível biodiversidade. Uma das criaturas que tem origem no país asiático é o panda-gigante, que só pode ser encontrado na vida selvagem chinesa.

Em sua maioria, os pandas vivem próximos às cadeias de montanha locais, especialmente nas regiões de Sichuan, Shaanxi e Gansu. A dieta destes animais é composta em 99% de bambu. 


Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.