82
Compartilhamentos

Parigala: inalcançável e misterioso 'Castelo das Fadas' no Azerbaijão

Quando nós estamos procurando um lugar para morar, a localização e o fácil acesso são alguns dos aspectos que mais valorizamos. Se esse é o caso, não se pode imaginar que o castelo Parigala, no Azerbaijão, tenha feito muito sucesso nos classificados pelos últimos séculos. Dá só uma olhada na fachada da "residência".

A visão externa do Parigala, no Azerbaijão (Imagem: Wikimedia Commons)A visão externa do Parigala, no Azerbaijão . (Imagem: Wikimedia Commons)

Parigala, no idioma azeri, significada "Castelo das Fadas". Mas antes de falar sobre o significado do nome — e a misteriosa origem do monumento — é interessante contar que esse é um dos pontos turísticos menos conhecidos da região do Cáucaso. 

Isso porque, para começar, ele fica em uma vila no distrito de Zagatala — noroeste do Azerbaijão — muito longe da capital Baku, na costa leste, um dos locais do país que as pessoas visitam. Mas caso você resolva desbravar o país e ir até a região... Bom, é praticamente impossível escalar até o castelo em si.

Pari não mora, se esconde

Sabe aquele seu parente que você diz que "não mora, se esconde"? Qualquer lugar onde ele more parece pouco, perto da inacessibilidade do "Castelo das Fadas" do Azerbaijão.

O Parigala está no pé das montanhas do Cáucaso, em meio a uma formação rochosa, a mais de 300 metros de altura! Para subir até ele, havia uma escada pequena, que não resistiu à ação do tempo. Hoje, até mesmo escalar a montanha é difícil, de modo que apenas alpinistas muito experientes podem se aventurar por ali. 

Aí é só fazer as contas: um lugar de difícil acesso numa região que ninguém visita? Quase ninguém conhece o interior do Parigala para nos dizer como é. O que se sabe é que o castelo tem três quartos e um anexo com mais dois cômodos. 

Será que dá para alugar no Airbnb?

O O "Castelo das Fadas" do Azerbaijão fica num lugar de difícil acesso, até para alpinistas. (Imagem: Oddity Central/Reprodução)

Quem construiu esse castelo?

Sendo um lugar pouco visitado, o Parigala também é pouco pesquisado, de modo que não se sabe direito a sua origem. Há algumas lendas bem interessantes, entretanto.

Dizem que, na época das invasões mongóis, uma princesa da região foi escolhida por um guerreiro do exército para fazer parte de seu harém. O nome dela era Pari ou Peri. Acontece que a moça não gostou muito da ideia e pediu para os empregados de seu pai construírem um castelo bem escondido nas montanhas (o que explicaria o local inacessível). Pari se escondeu lá e quando o guerreiro mongol veio sequestrá-la, a moça se jogou do penhasco para sua morte. 

Por outro lado, há teorias menos fantasiosas de que o tal "Castelo das Fadas" foi feito para abrigar monges budistas. Apenas sabemos que o Parigala pertence à época do Reino da Albânia, entre o século IV e VIII depois de Cristo. Você teria coragem para subir essas rochas e conhecer o Parigala por dentro?

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.