Por que comprar flores é tão caro?

Para quem já esteve envolvido em um romance ou simplesmente quis fazer um agrado para alguma pessoa amada, talvez já tenha sido pego de surpresa caso o presente escolhido tenha sido flores. Afinal, como algo que é colhido na terra pode custar tanto dinheiro e por que é que nós aceitamos pagar essa quantia por elas?

Por mais simples que possa parecer ter flores à disposição em uma loja, a floricultura é um trabalho que exige diversos cuidados. Flores são plantas delicadas, que demandam muito cuidado e que também podem ser altamente difíceis de cultivar. Por isso, existem mais detalhes nesse processo.

Tempo e dinheiro

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Quando estamos comprando um buquê, não estamos gastando dinheiro somente com o material que foi colhido do solo. Na realidade, precisamos considerar que a quantia final também reflete o tempo gasto pelo floricultor para produzir aquela flor e todos os riscos que ele teve até o produto final.

Em datas comemorativas, como o Dia das Mães ou o Dia dos Namorados, esses vendedores passam por uma enorme pressão e recebem demandas gigantescas. Dessa forma, precisam acelerar seus processos e correr contra o tempo para entregar tudo — caso contrário, perderão dinheiro.

Por serem frágeis, as flores não são exatamente algo fácil de trabalhar e o custo dessa operação não é nada baixo. Nas datas especiais, os custos trabalhistas para os floricultores são mais elevados e os riscos financeiros igualmente grandes, fazendo com que eles precisem encontrar formas para não saírem endividados.

Mão de obra

(Fonte: Unsplash)(Fonte: Unsplash)

O cultivo de flores exige precisão e habilidade. Para que uma flor chegue no ápice de sua integridade para o consumidor, ela não poderá desenvolver qualquer tipo de doença que atrapalhe seu crescimento, ou fungo — que pode acabar se espalhando para uma cultura inteira.

Por esses motivos, alguns países pagam muito bem para ter uma mão de obra qualificada e que saiba diminuir os riscos durante o plantio. De acordo com uma reportagem realizada pela BBC, um florista nos Estados Unidos ganha cerca de US$ 13 por hora (equivalente a R$ 71 na cotação atual).

Além disso, países como os Estados Unidos, a Alemanha, o Reino Unido, os Países Baixos e a Rússia são grandes importadores de flores, o que requer um alto grau de logística para que essas plantas possam chegar inteiras após uma série de viagens internacionais.

Passo final

(Fonte: Unsplash)(Fonte: Unsplash)

E se você ainda não pensa que tudo que citamos é suficiente para justificar os seus gastos, existe um último obstáculo que o vendedor precisa enfrentar no dia a dia de uma floricultura para conseguir sair no lucro: conquistar você. Dessa forma, muitos vendedores são treinados para elaborar arranjos lindos e dispor as flores da melhor maneira para ganhar os consumidores pelos olhos.

As pessoas no setor precisam trabalhar para que você perceba o quão difícil foi para que um único buquê pudesse ser vendido. Tendo em conta a alta demanda, o processo demorado de cultivo e as dificuldades logísticas, não é à toa que as flores custam tão caro. 

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.