19
Compartilhamentos

Qual é a língua mais fácil de aprender?

Na hora de aprender um novo idioma — seja ele seu segundo, terceiro ou quarto (ou mais!) —, é comum procurarmos uma língua que seja mais fácil de assimilar, praticar e entender. Mas, o que "fácil" significa?

Para nós do Duolingo — a plataforma de aprendizado de idiomas mais popular e o app educacional mais baixado do mundo e do Brasil —, depende da sua dedicação, da sua língua materna, e do motivo pelo qual você quer aprender.

Se você está indeciso ou pesquisando qual será a sua próxima fluência, uma boa ideia é: simplificar.

Por que aprender uma nova língua?

As pessoas aprendem idiomas por motivos diferentes: para se conectar com a história da família, para se comunicar em outro país, para ter mais oportunidades de trabalho, para entrar em contato com outra cultura. E tudo isso influencia diretamente na sua relação com o aprendizado, com a sua motivação e com a língua em si.

Quão dedicado você é?

Assim como o motivo, a dedicação também pode facilitar o aprendizado de uma língua estrangeira. Quem é fã de Round 6, K-pop e K-dramas (o idioma coreano foi a segunda língua que mais cresceu mundialmente e no Brasil no último ano) provavelmente terá mais facilidade com o coreano do que uma pessoa com menos contato com o idioma.

É por isso que associar o estudo com elementos fora do app e dos livros — como filmes, séries, jogos e música — é uma das melhores ferramentas. Se você está altamente motivado para aprender norueguês por causa de laços familiares ou porque quer fazer pós-graduação na Noruega, será mais fácil continuar com ele do que com uma língua "mais fácil" em que você está menos interessado.

Qual a sua língua materna?

Para falantes de inglês, muitos idiomas da Europa — como francês e alemão — são mais "fáceis" de aprender, em média, do que idiomas que não têm nenhuma relação com a língua — como árabe e chinês.

No caso do português, começar pelas línguas românicas pode ser mais fácil. Como derivam do latim, o espanhol, o italiano, o francês, o romeno e o português têm palavras e sons parecidos, o que dá mais proximidade a quem está estudando e acaba facilitando o processo de aprendizagem.

O que faz um idioma ser fácil ou difícil?

Como os idiomas variam em tantas propriedades (como sons, significados, ordem das palavras e formalidades), aprender um novo idioma pode ser fácil em alguns aspectos, mas difícil em outros.

Para um falante de inglês, os sons do japonês podem ser (relativamente) familiares, especialmente porque não têm tons como o chinês ou vietnamita. Mas os três sistemas de escrita japoneses podem ser difíceis de aprender, assim como a ordem das palavras.

O que significa "saber" um idioma para você?

"Conhecer" um idioma significa coisas diferentes para alunos diferentes: você quer se comunicar em uma viagem a outro país? Ou quer conseguir um emprego para usar a língua profissionalmente?

Não importa qual idioma você decida estudar, a parte mais importante de aprender um novo idioma é persistir nele. Se comunicar de forma eficaz em um novo idioma não significa necessariamente ter uma gramática perfeita ou um sotaque nativo. Estabeleça metas práticas e pessoais para o seu aprendizado e, então, faça do estudo um hábito regular que você pode fazer aos poucos, diariamente, por muito tempo.

  • Coluna escrita com a colaboração de Cindy Blanco.

***

Analigia Martins é diretora de Marketing no Brasil de Duolingo, a maior plataforma de aprendizado de idiomas do mundo e o aplicativo mais baixado na categoria de Educação no iTunes e na Google Play. Responsável por aumentar a notoriedade e o crescimento do Duolingo no Brasil, segundo maior mercado da empresa, a executiva tem 20 anos de experiência em marketing de serviços, especialmente na área de Educação no Brasil e nos Estados Unidos. Analigia é pós-graduada em Administração de Empresas pela Universidade Harvard e bacharel em Publicidade pela Fundação Cásper Líbero.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.