6 truques que os supermercados usam para você gastar mais

Se você acha que o aumento dos preços dos produtos é a única razão para a sua conta de supermercado estar saindo extremamente cara, saiba que você está sendo enganado de diversas formas. Na realidade, a maioria desses modelos de negócio tem inúmeras estratégias para fazer seus clientes gastarem mais.

Pensando nisso, nós separamos uma lista com seis artimanhas usadas pelo comércio para você comprar mais coisas durante a ida ao mercado e acabar “torrando” o seu salário. Confira só!

1. Falta de janelas

(Fonte: Shutterstock)(Fonte: Shutterstock)

Se você ainda não notou, é comum que os supermercados não tenham muitas janelas e isso tem um grande motivo por trás. A ideia é que as lojas criem um ambiente separado do mundo exterior, como se a vida lá fora simplesmente “não existisse”.

Dessa forma, o seu psicológico não precisa parar para pensar se está chovendo, se o dia está ensolarado ou o que está acontecendo no estacionamento. Isso é uma técnica para que as pessoas passem mais tempo no mercado sem notar a hora passar.

2. Posicionamento das verduras

(Fonte: Shutterstock)(Fonte: Shutterstock)

Logo quando entramos no supermercado, podemos ver que as frutas e verduras são um dos primeiros produtos a aparecer no nosso caminho. A razão disso é que eles oferecem a sensação de frescor por meio das cores e odores, transmitindo uma sensação de bem-estar para o cliente.

Além disso, é comum que essa área do mercado tenha uma iluminação planejada para chamar mais atenção dos consumidores.

3. Seções ao fundo

(Fonte: Shutterstock)(Fonte: Shutterstock)

Para obrigar os clientes a circularem pelo supermercado e adquirirem mais produtos, é uma prática bastante utilizada por esse tipo de negócio “esconder” as seções mais desejadas na parte de trás do estabelecimento. Um grande exemplo disso acontece com o açougue.

Como a carne é um dos produtos básicos na alimentação das pessoas, a maioria dos clientes precisa atravessar diversos corredores para chegar até lá.

4. Tamanho do carrinho

(Fonte: Shutterstock)(Fonte: Shutterstock)

O tamanho do carrinho de compras pode até ser projetado para ajudar a carregar a compra do mês, mas essa também é uma forma dos empreendedores incentivarem a continuar comprando. Como o cesto é bastante grande e você não consegue enxergar o fundo quando está comprando, é normal que você ignore quantos produtos já está levando.

Você vê que ainda há espaço disponível e imagina que pode acabar levando mais sem pagar tanto. O resultado, entretanto, costuma ser uma conta bem alta.

5. Produtos na prateleira

(Fonte: Shutterstock)(Fonte: Shutterstock)

É comum que os supermercados ofereçam uma grande variedade de marcas para determinados produtos. Entretanto, aqueles com valor agregado mais alto e “sugeridos” pelo estabelecimento sempre estarão posicionados na altura dos seus olhos. Por conta disso, os consumidores frequentemente escolherão a primeira opção e pagarão mais por isso.

Caso você queira economizar, precisará se dedicar um pouco mais e vasculhar bem pelas prateleiras para encontrar o melhor custo-benefício. Por mais cansativo que isso possa soar, os “garimpeiros” tendem a gastar menos no final da compra.

6. Chegada ao caixa

(Fonte: Shutterstock)(Fonte: Shutterstock)

E quando você já está chegando na caixa registradora e pensa que seus gastos já chegaram ao fim, os supermercados reservam uma última estratégia para te fazer gastar mais. Baseado nos impulsos dos consumidores, você encontrará próximo ao balcão final produtos como revistas, salgadinhos, chicletes, chocolates e por aí vai.

Logo, você pensará que “não custa nada levar só mais uma besteirinha embora” e acabará tirando mais dinheiro do seu próprio bolso. No fim, você pode até pensar que foi livre arbítrio, mas você estava sendo ludibriado!

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.