Seja o primeiro a compartilhar

Hans Langseth, o homem com a maior barba da história

Você já ouviu falar em Hans Langseth? Pois saiba que ele conquistou seu lugar na fama ao permanecer até hoje com o recorde de homem com a maior barba na história do planeta — ou ao menos com registros claros sobre isso. Inclusive, sua barba foi considerada tão valiosa historicamente que permanece guardada no cofre de um museu dos Estados Unidos até hoje.

E se você planeja tentar quebrar esse recorde, é melhor começar a se preparar. Para atingir tal feito, Langseth cultivou seu pelo facial por incríveis 60 anos. Então, vamos conhecer um pouco mais sobre a história pessoal desse homem e o que o incentivou a almejar tal feito.

A vida de Hans Langseth

(Fonte: Internet/Reprodução)(Fonte: Internet/Reprodução)

Nascido na Noruega em 14 de julho de 1846, Hans era o quarto de cinco filhos da família. Quando se tornou maior de idade, ele e três de seus irmãos decidiram ir para os Estados Unidos. Foi assim que ele acabou conhecendo sua esposa, Anne, com quem viveu uma vida tranquila na cidade de Kensett, com população de menos de 300 pessoas.

Aos 19 anos, ele começou a cultivar sua barba para entrar em uma competição de comprimento do pelo facial. Naquela época, ele ainda estava longe de ter a maior barba do mundo, mas optou por deixá-la crescer por mais tempo. Enquanto isso, tornou-se fazendeiro e teve seis filhos.

Anne acabou falecendo aos 40 anos de idade e Langseth decidiu se mudar com as crianças para a cidade de Glyndon, onde poderia expandir suas fazendas. Foi também nesse período que ele desenvolveu uma técnica para deixar sua barba crescer mais: como o pelo da face tende a morrer após atingir um metro e meio de comprimento, ele passou a amarrá-lo em dreadlocks para fortalecê-lo e adicionar resistência.

História sendo feita

(Fonte: Wikimedia Commons)(Fonte: Wikimedia Commons)

O recorde de barba mais comprida do mundo foi oficializado somente em 1922, quando Langseth já tinha 76 anos de idade. A medição foi feita durante outra competição, a qual ele venceu com sobras. Em segundo lugar, a barba de Zach Wilcox ganhou a medalha de prata medindo 3,6 metros. 

Langseth, por sua vez, já tinha feito sua barba crescer por mais de 5 metros. Como prêmio, ele ganhou US$ 300 e recebeu uma passagem de volta para casa. Em seus últimos anos de vida, ele decidiu se juntar ao circo para exibir sua barba pelo país. Entretanto, relatos contam que ele havia cansado de cultivá-la após um tempo.

O norueguês acabou falecendo em 1927, quando sua barba media cerca de 5,6 metros de comprimento. Após seu funeral, seus filhos acabaram cortando quase toda a barba e a doaram para um museu — havia sido seu último pedido antes de morrer. Por fim, a família decidiu enterrá-lo em Kensett, onde poderia descansar ao lado de sua amada Anne.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.