Seja o primeiro a compartilhar

Qual o recorde de mais línguas faladas por uma pessoa?

Aprender sua própria língua materna já parece ser um processo difícil o suficiente, mas imagine só ter a habilidade para se comunicar em mais de 10 idiomas? Pessoas que são fluentes em duas línguas são chamadas de bilíngues, aquelas que falam três línguas são trilíngues e quem domina mais de 12 idiomas são os hiperpoliglotas!

Inclusive, o termo poliglota é de origem grega e pode ser traduzido aproximadamente para "muitas línguas" — o que traz uma resposta muito exata para seu uso nos dias atuais. Então, qual o recorde para a maior quantidade de línguas faladas por uma única pessoa? Veja só quais são as informações que nós sabemos até então!

Falta de informações

(Fonte: Shutterstock)(Fonte: Shutterstock)

Embora essa pareça ser uma resposta fácil de ser obtida, nem mesmo o Google ou o Guinness World Records sabem informar com exatidão qual é a pessoa no mundo com a maior habilidade de se comunicar em diferentes idiomas. E um dos problemas disso ser um verdadeiro enigma é a dificuldade em definir o que é preciso para "falar" outra língua.

Uma pessoa capaz de falar o básico em 100 idiomas é mais impressionante do que alguém que domina escrita e leitura em "apenas" 30 deles? Ou então, falar 10 dialetos regionais é a mesma coisa que falar 10 idiomas diferentes?  O quão diferente esses dialetos precisariam ser para serem considerados uma língua distinta? Por fim, se alguém perdeu a fluência de uma língua, ainda deveríamos considerá-la? São tantas perguntas sem resposta que fica difícil chegar em um consenso.

Em termos de quem ainda está vivo, o hiperpoliglota Ziad Fazah é o grande recordista, falando cerca de 60 idiomas. O problema, no entanto, é que em uma de suas aparições na televisão, Ziad teve sérios problemas para responder perguntas básicas em vários desses idiomas. Isso gera uma grande dúvida em relação a sua capacidade ou simplesmente mostra que ele não é mais capaz de falar 60 idiomas no momento.

Exemplos de hiperpoliglotas

(Fonte: Shutterstock)(Fonte: Shutterstock)

Um poliglota vivo que já exibiu seus dotes é Alexander Arguelles, um linguista norte-americano que comprovou a compreensão de 50 idiomas. Porém, mesmo esse número não é exato. Em entrevistas, o próprio Arguelles faz questão de ressaltar ser capaz de "ler cerca de três dúzias de idiomas e falar a maioria deles fluentemente" — nunca colocando um número exato para sua capacidade.

Historicamente, o livro Babel No More: The Search for the World's Most Extraordinary Language Learners (2012) coloca o cardeal Giuseppe Caspar Mezzofanti como o maior dominador de idiomas de todos os tempos. Entre os séculos XVIII e XIX, estimava-se que Mezzofanti era capaz de falar ou entender cerca de 72 idiomas. No entanto, esses também não são números verificáveis.

No caso do membro da Igreja Católica, grande diferença no número de línguas pode estar relacionado com o fato dele falar muitos dialetos diferentes, o que alguns estudiosos argumentam que não deveria ser considerado. Mesmo assim, ele havia mostrado aptidão em falar turco, árabe, alemão, chinês, russo e outros 24 idiomas com "excelência rara". 

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.