8 curiosidades sobre uma das mais famosas bebidas nacionais: a cachaça
426
Compartilhamentos

8 curiosidades sobre uma das mais famosas bebidas nacionais: a cachaça

Último Vídeo

A cachaça é uma das bebidas alcoólicas mais populares do Brasil, tipicamente do nosso país e utilizada no preparo do coquetel Caipirinha (famoso internacionalmente). Em diversos países, a cachaça é conhecida como o rum brasileiro, apesar de existirem claras diferenças na produção dos dois.

Além disso, há algumas controvérsias quanto à etimologia da palavra, já que não se sabe exatamente qual é a origem do termo “cachaça” (e muitas histórias publicadas na internet também dificultam esse processo). Descubra algumas curiosidades interessantes sobre essa bebida nacional:

1 – O rum brasileiro?

Chamar a cachaça de rum brasileiro não está totalmente errado, já que as duas bebidas provêm da cana-de-açúcar. Contudo, a cachaça é destilada a partir do caldo de cana fermentado, que possui aproximadamente entre 38% e 54% de álcool. Apesar de o rum também ser feito da cana, ele é destilado a partir de produtos derivados da cana, como o melaço, enquanto a cachaça é derivada diretamente da própria cana-de-açúcar.

2 – A origem da palavra

Existem diversas histórias que procuram explicar a origem do termo cachaça, sendo que algumas são um tanto divergentes. A mais comum é a de que cachaça era o nome dado à primeira espuma que subia à superfície do caldo de cana que estava sendo fervido (fornecida aos animais ou descartada). A segunda espuma era consumida pelos escravos, principalmente após a fermentação, e depois também passou a ser denominada cachaça.

3 – A bebida dos escravos

A cachaça existe há aproximadamente 400 anos, e os seus primeiros consumidores foram os escravos africanos no Brasil. Eles bebiam o líquido para dar energia no decorrer do dia e aliviar um pouco o árduo trabalho que enfrentavam constantemente. Em 1663, o produtor de açúcar João Fernando Vieira disse que os escravos só trabalhariam depois de beber suas doses diárias de cachaça.

Em 1780, o governador do Estado de Minas Gerais afirmou que a cachaça era uma das bebidas básicas dos escravos. Com o passar do tempo, outras classes sociais se renderam ao gosto da bebida, que então se popularizou entre todas as camadas de sociedades do Brasil.

4 – Orgulho nacional

Hoje, a cachaça é um dos símbolos nacionais, principalmente devido às suas origens e pelo fato de ter se popularizado entre todas as classes sociais (e também ter conquistado o mundo). Poucos sabem que, em 13 de setembro 1744, os portugueses baniram totalmente o consumo da bebida no país, preocupados com o sucesso da aguardente. Atualmente, é nesse dia que se comemora o Dia Nacional da Cachaça, como forma de relembrar o Brasil Colonial e o sucesso da bebida.

5 – Animais bêbados

De acordo com um artigo de James Beard, publicado em 1959, em algumas localidades os perus eram alimentados à força com doses de cachaça antes do abate, já que os produtores acreditavam que “um peru bêbado é um peru relaxado, e um peru relaxado é um peru mais delicioso”.

6 – Consumo genuinamente brasileiro

De acordo com estatísticas das nossas fontes, 99% da cachaça produzida e consumida ficam essencialmente no Brasil. Aproximadamente 85 milhões de garrafas de cachaça são consumidas todos os anos, sendo praticamente todo esse número aqui no nosso país. Em 2007, os Estados Unidos importaram mais de mil caixas de cachaça, e um acordo entre os dois países promete um comércio mais fácil de bebidas alcoólicas.

Segundo o historiador de cocktails David, o Brasil não foi muito inteligente em realizar um marketing internacional da sua bebida mais típica, apesar de mesmo assim a cachaça ter se tornado popular em outros locais.

7 – Esse comercial de John Travolta

O ator John Travolta participou desse comercial da Ypióca, chamado de “Vamos Brasilizar”. O resultado, no mínimo, ficou engraçado. O que você achou?

8 – Sinônimos de cachaça não faltam

A cachaça possui muitas variações em todo território nacional, porém essencialmente é a mesma bebida. Contudo, existem diversos nomes que designam o líquido fermentado da cana-de-açúcar. Entre alguns deles, podemos listar os mais populares (que mudam conforme o estado): abençoada, água benta, água bruta, aguardente, águas de setembro, baronesa, brasileira, cana, conhaque brasileiro, danada, dona branca, espírito, esquenta por dentro, imaculada, gasolina de garrafa, pinga e pura. E você, conhece cachaça por algum outro nome também?

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.