Parceiro virtual faz com que as pessoas se exercitem mais

Parceiro virtual faz com que as pessoas se exercitem mais

Equipe MegaCurioso
Último Vídeo

Fonte: Thinkstock

Um novo estudo do departamento de Cinesiologia (ciência que estudo os movimentos do corpo humano), da Universidade de Michigan, revelou que treinar com um parceiro virtual pode ser mais eficiente do que se exercitar sozinho.

Os pesquisadores descobriram que ao fazer uma atividade de bicicleta ergométrica, tendo um parceiro virtual acompanhando em um monitor, isto proporcionou uma motivação para as pessoas se exercitarem por mais tempo, com mais intensidade e frequência. Segundo a pesquisa, divulgada em maio de 2012, mulheres que treinaram atividades de ciclismo com um parceiro virtual se exercitaram o dobro do tempo do que aquelas que fizeram sozinhas.

Deborah Feltz, pesquisadora que comanda o departamento de Cinesiologia, disse que o estudo mostra que pode ser mais prático para algumas pessoas ter um parceiro virtual a fim de estimular os exercícios. “Você não precisa se preocupar em achar alguém que combine com você nas atividades. Nem ter que comparecer a um lugar, tentando conciliar os horários”, afirma Deborah.

A pesquisadora disse ainda que as descobertas podem ser de grande ajuda aos games de exercícios: “Estes resultados fornecem um ponto de partida para testar recursos adicionais, que têm o potencial de melhorar os ganhos motivacionais em videogames de saúde".

Estímulo saudável

Para muitas pessoas, a falta de motivação para se exercitar é uma barreira para alcançar a quantidade recomendada e a intensidade da atividade. Tendo isso em mente e utilizando os princípios do exercício em grupo, que é conhecido por aumentar a motivação das pessoas, os pesquisadores investigaram se um parceiro virtual iria influenciar o estímulo dos participantes para treinar por mais tempo.

Fonte: Thinkstock

58 mulheres participaram do experimento e se exercitaram em uma bicicleta ergométrica. Elas foram divididas em três grupos: o primeiro grupo se exercitou por conta própria junto de um parceiro virtual, o segundo grupo treinou com o parceiro virtual, mas também com uma equipe, e um terceiro grupo pedalou sozinho.

As mulheres nos primeiros dois grupos foram informadas que os seus parceiros estariam se exercitando ao mesmo tempo em uma bicicleta igual em outro laboratório. Então, elas conheceram os seus "amigos virtuais de malhação" através de um vídeo pré-gravado. Durante as sessões de exercícios, as participantes rastreavam o progresso de seu parceiro virtual, observando o que parecia ser um competidor real, mas era na verdade uma gravação.

Por fim, foi solicitado que elas classificassem a sua intenção de se exercitar mais uma vez, como foi o desempenho e se elas estavam cansadas. No geral, as mulheres que fizeram o exercício de ciclismo com um parceiro virtual presente tiveram melhor desempenho do que aquelas que se exercitaram sozinhas. E aquelas que se exercitaram com o parceiro virtual e também com uma equipe tiveram um rendimento ainda maior, mostrando que fazer atividades acompanhadas é muito mais eficiente.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.