Mulher acumula milhares de fios de ouro nas mãos após anos de acupuntura
832
Compartilhamentos

Mulher acumula milhares de fios de ouro nas mãos após anos de acupuntura

Último Vídeo

Uma radiografia revelou um caso bizarro na Coreia do Sul: uma mulher ficou com milhares de fiapos de fios de ouro dentro de suas mãos, o que acarretou dores crônicas que ela provavelmente vai carregar para o resto da vida!

Há 40 anos, a mulher, agora com 58, começou a fazer acupuntura para tratar de dores nas articulações. A técnica usada consistia na inserção de pequenos fios de ouro esterilizados. O problema, entretanto, não se resolveu, tendo inclusive piorado! Já com as mãos deformadas, a mulher recentemente procurou um hospital que constatou que os fios de ouro ainda permanecem sob sua pele.

A sul-coreana, que não teve o nome divulgado, sofre de artrite reumatoide, causada pela inflamação de células do sistema imunológico ao redor das articulações. Com isso, um tecido fibroso se forma nessas regiões, dificultando os movimentos e causando desconforto e dores constantes.

radiografiaTodos esses riscos brancos são, na verdade, fiapos de ouro

Normalmente, essa doença é genética, mas também pode ser causada por infecções virais ou bacterianas, caso esses microrganismo causem um desequilíbrio no sistema imunológico. O tratamento ocidental inclui medicações que controlam o avanço da doença, dando uma vida normal ao portador da artrite reumatoide, que ainda não tem cura.

Porém, em países asiáticos a acupuntura é uma técnica milenar usada para uma infinidade de doenças. No caso desta, em específico, não há nenhuma comprovação médica de que ela diminuiu os sintomas. Já a acupuntura com fios de ouro também é bastante popular, sendo que o metal também pode ser ingerido em pequenas quantidades.

A partir de agora, a mulher está tratando a doença com uma combinação de metotrexato e leflunomida, que devem diminuir o inchaço ao redor das articulações e melhorar o problema. Os fios de ouro, entretanto, não deverão ser retirados de suas mãos.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.