Phallus impudicus: conheça o cogumelo infame que parece um... falo

Phallus impudicus: conheça o cogumelo infame que parece um... falo

Último Vídeo

Você já teve a impressão de a Mãe Natureza tem um curioso senso de humor? Afinal, entre tantos organismos vivos maravilhosos que existem no nosso planeta, há alguns que, francamente, mais dão a impressão de terem sido criados por ela em um momento de zoeira! Veja, por exemplo, o caso do cogumelo da espécie Phallus impudicus — que são fungos com formato de pênis que, para completar, são superfedorentos.

Phallus impudicusEita! (Twitter/Dirty Linnaeus)

Brincadeiras à parte — afinal, não há absolutamente nada de errado com esse cogumelo e estamos escrevendo sobre ele só porque o achamos curioso mesmo! —, de acordo com Shaun Chavis, do site How Stuff Works, esse fungo costuma aparecer meio que do nada, geralmente durante o outono e inverno, após dias de com clima úmido e frio. Por conta dessas peculiaridades, é bastante comum encontrar esses organismos na Europa e em algumas regiões da América do Norte.

Fedidão

Esses cogumelos, como dissemos, costumam surgir do nada, e aparecem inicialmente nos jardins e bosques na forma de ovos — sim, além de terem formato de pipi, eles começam a crescer a partir de ovos! E olha que a partir desse estágio inicial eles crescem muito rápido! Segundo Shaun, esses fungos aumentam de tamanho a uma taxa de 10 a 15 centímetros por hora e podem chegar a medir até 30 cm de comprimento! Não parece que a Mãe Natureza estava de zoeira? Veja um vídeo em time lapse que mostra o desenvolvimento de um desses organismos:

Outra característica interessante — mas ligeiramente desagradável — do Phallus impudicus é que ele é superfedorento e seu futum pode ser sentido a vários metros de distância. Mesmo assim, curiosamente, por causa de seu formato singular, algumas culturas consideram esse cogumelo um potente afrodisíaco.

Tanto que existem registros de povos dão um preparado contendo os fungos a touros antes do acasalamento — coitados dos bichos! —, e dizem que uma das filhas de Charles Darwin costumava queimar os cogumelos em casa para proteger a moral de suas criadas. Além disso, os Phallus impudicus também eram “receitados” para a mulherada para, você sabe, deixá-las mais animadas. Inclusive foram conduzidos estudos para comprovar a ação desse organismo.

Phallus impudicuEita, eita! (Shroomery)

A hipótese era a de que o cheirinho ruim dos cogumelos seria suficiente para desencadear orgasmos voluntários. Contudo, os testes realizados com um grupo de mulheres apontaram que essa coisa de odor excitante não passa de lenda (surpresa...) e que, na verdade, o fedor não provoca ondas orgásticas, mas sim de asco.

Mas, e que tipo de odor, exatamente, esses organismos exalam? Aparentemente, para muitas pessoas, o fedor lembra o de esterco. Entretanto, os especialistas afirmam que o aroma é decomposição mesmo. Porém, não pense que esses curiosos cogumelos fálicos e fedidos não servem para nada (além de desencadear piadinhas de duplo sentido!). Eles podem ajudar na decomposição da madeira e melhorar a qualidade solo — caso o sujeito dando uso aos Phallus impudicus não se incomode muito com a catinga. 

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.