Estátua de Ramsés II é descoberta em um quintal no Egito

Estátua de Ramsés II é descoberta em um quintal no Egito

Último Vídeo

No sábado, dia 14 de dezembro, o Conselho Supremo de Antiguidades do Egito anunciou uma descoberta histórica. Foi encontrada em Mit Rahina, próximo às pirâmides de Gizé, uma estátua raríssima feita de granito rosa de um dos maiores faraós do Antigo Egito, Ramsés II.

Segundo o periódico Cairo Scene, um senhor de 62 anos que mora na região resolveu investigar o que havia embaixo de seu quintal. Ele escavou sem permissão, o que é contra a lei, pois há um grande risco de danos irreparáveis aos artefatos, além da possibilidade de contrabando dos itens. Felizmente, as autoridades interviram e, mesmo impedindo o homem, decidiram continuar o processo.

(Fonte: Ministério de Antiguidades do Egito/Reprodução)

O que pode estar escondido no meu quintal?

A estátua carrega um símbolo da força vital, ou alma do faraó, sendo a primeira vez que o mesmo é encontrado em uma escultura. Ela também está na pose denominada como elka, que representa força, vitalidade e espírito.

A peça com 1,05 m de altura e 45 cm de largura apresenta ainda uma peruca e uma grande coroa, e mostra como as pessoas viam os faraós.

O Templo Perdido

(Fonte: Ministério de Antiguidades do Egito/Reprodução)

O que torna a descoberta ainda mais incrível é que além da escultura, os arqueólogos encontraram ruínas de um templo dedicado a Ptah, o deus dos artesãos no Antigo Egito e considerado a divindade patrona da cidade de Mênfis, a primeira capital.

O busto de Ramsés II e os restos do templo foram realocados em segurança para o Museu de Mit Rahina.

(Fonte: Ministério de Antiguidades do Egito/Reprodução)
Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.