Fábrica de perfume da Louis Vuitton começa a produzir álcool em gel

Fábrica de perfume da Louis Vuitton começa a produzir álcool em gel

Último Vídeo

A Louis Vuitton anunciou na segunda-feira (16) que uma de suas fábricas de perfume começará a produzir o álcool em gel para higienização das mãos. O objetivo da marca é auxiliar na produção dessa substância cuja demanda está cada vez mais alta devido à pandemia do novo coronavírus. Por enquanto, a distribuição do álcool fabricado pela marca será restrita à França.

Ainda segundo a Louis Vuitton, o álcool em gel produzido será entregue às autoridades sanitárias da França para que elas façam a distribuição correta. Serão priorizados 39 hospitais de Paris.

Estima-se que a fábrica de perfume seja capaz de produzir 12 toneladas do produto ainda na primeira semana de atividades. A Louis Vuitton afirmou que a ação permanecerá enquanto for preciso produzir o álcool para higienização das mãos. 

(Fonte: Louis Vuitton/Divulgação)(Fonte: Louis Vuitton/Divulgação)

Álcool em gel falta nas prateleiras

A necessidade de reforço da produção deve-se ao fato de o produto estar cada vez mais escasso em mercados, farmácias e perfumarias. Com o crescimento do número de casos confirmados da COVID-19, a população na Europa começou a estocar produtos de higiene pessoal, causando um déficit no mercado.

A recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) é que a higienização das mãos seja realizada sempre que possível. Como esse tipo de álcool oferece praticidade, foi o primeiro produto a sumir das prateleiras.

Vale lembrar que a higienização pode ser feita com água e sabão com a mesma eficiência. Dessa forma, o gel é utilizado como um cuidado complementar na prevenção de contaminação do vírus.

Para mais recomendações de prevenção, acesse nossa matéria especial sobre o coronavírus.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.