Tritão: maior lua de Netuno pode receber missão da NASA

Tritão: maior lua de Netuno pode receber missão da NASA

Último Vídeo

Uma nova missão da NASA, batizada de "Trident" (ou Tridente, em bom português) pode ser lançada nos próximos anos, para explorar Tritão, uma das luas de Netuno. Tridente, Tritão... Pois é. Mas qual o objetivo dessa missão e por que ela é interessante, além do nome curioso? A gente explica.

Netuno é o planeta mais distante do Sistema Solar e tem 13 luas conhecidas. Tritão é a maior delas e a primeira que foi descoberta, mas também é a mais estranha.

Para começo de conversa, ela gira no sentido oposto ao de seu planeta, algo que não acontece em nenhuma outra grande lua do Sistema Solar. Além disso, sua rotação tem uma inclinação de 23 graus, muito maior que o comum. Tritão é um dos corpos celestes mais gelados do Sistema Solar e tem uma superfície formada por nitrogênio congelado.

Essa estranha lua também tem uma ionosfera 10 vezes mais ativa que a de qualquer outro satélite do nosso sistema. Isso é surpreendente para um corpo celeste tão distante do Sol, afinal é a energia do astro-rei que "carrega" as ionosferas. Então, os cientistas suspeitam que exista uma outra fonte de energia atuando em Tritão.

A lua Tritão, em Netuno (Fonte: Wikimedia Commons)A lua Tritão, em Netuno (Fonte: Wikimedia Commons)

Tridente pode encontrar água em Tritão

Ainda não se convenceu de que vale a pena enviar uma missão para Tritão? Então leia isso: a Tridente pode acabar encontrando oceanos subterrâneos na estranha lua de Netuno. Isso porque os cientistas têm uma teoria sobre a superfície gelada do planeta: ela seria formada por água jorrada do interior do planeta.

Um dos objetivos da missão Tridente seria descobrir se essa teoria tem fundamento e ajudar os cientistas a entender onde mais é possível encontrar água no Sistema Solar.

Além disso, Tritão é um dos objetos mais desconhecidos dentre os que ficam antes do Cinturão de Kuiper, já que apenas 40% de sua superfície foi mapeada. Outro dos objetivos da missão é justamente estudar a curiosa superfície da lua: ao contrário de outros satélites, Tritão quase não tem crateras.

Ou seja, mais do que uma piadinha com o fato de que o deus Tritão tinha um tridente, o nome da missão é uma alusão aos três objetivos da missão.

Missão Tridente pode encontrar água em Tritão (Fonte: NASA)Missão Tridente pode encontrar água em Tritão (Fonte: NASA)

Projeto ainda precisa ser aprovado

O projeto Tridente é uma de quatro propostas que estão concorrendo à próxima rodada do programa Discovery, da NASA. Caso seja selecionada — o que deve acontecer em meados de 2021 — ela será apenas a segunda missão a estudar a região de Netuno. As primeiras fotos de Tritão foram feitas pela nave Voyager 2, lançada em 1977.

Os criadores do projeto planejam lançar a Tridente em outubro de 2025, quando a Terra estará alinhada a Júpiter e a sonda poderá usar a gravidade do gigante para impulsionar sua trajetória. Assim, a missão chegaria a Tritão em 2038.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.