Peixe-remo? Conheça a espécie que parece uma serpente gigante

Peixe-remo? Conheça a espécie que parece uma serpente gigante

Último Vídeo

Medindo aproximadamente 11 metros de comprimento e com características físicas extremamente peculiares, um ser misterioso habita as profundezas do oceano: o peixe-remo. Também conhecido como regaleco e mais uma centena de apelidos, a espécie da família Regalecidae desperta grande atenção pela sua raridade. 

Dono de um estranho topete vermelho no topo de sua cabeça e de um corpo completamente sem escamas, o peixe-remo costuma viver entre 20 e 1.000 metros de profundidade — fazendo com que a sua aparição na superfície seja um acontecimento muito inusitado e até mesmo 'mitológico'.

As lendas sobre o peixe-remo

(Fonte: Wikimedia Commons)(Fonte: Wikimedia Commons)

No Japão, os regalecos ficaram conhecidos como "os mensageiros do palácio do deus do mar", tendo suas aparições interpretadas como um presságio para desastres naturais, como terremotos e tsunamis. 

O folclore voltou a ganhar força em 2011, quando dezenas de peixes da espécie começaram a surgir nas praias japonesas. Essa também foi a mesma época do desastre de Fukushima, quando um maremoto de escala 8.7 atingiu uma das usinas nucleares da cidade e derreteu três dos seus seis reatores.

A lenda, entretanto, pode ter uma explicação científica. Em entrevista para o portal All That's Interisting, o expert em terremotos Kiyoshi Wadatsumi afirmou que peixes residentes das profundezas marítimas costumam ter mais sensibilidade a maremotos e tremores na água do que espécies em outros habitats. Isso talvez seria a explicação para que os animais busquem a superfície durante esses eventos.

O peixe-remo é perigoso?

Apesar do seu comprimento poder ser comparado com um ônibus escolar e da sua aparência causar calafrios nas pessoas, o regaleco é completamente inofensivo para os seres humanos. Seu longo corpo de 200 kg em formato de enguia é acompanhado por uma boca sem dentes — o que o remove da categoria dos grandes predadores.

O processo de alimentação do peixe-remo consiste em nadar pelo fundo do mar com a boca aberta e torcer para conseguir capturar peixes pequenos ou outras substâncias nutritivas, como os plânctons. 

Portanto, se um dia você for presenteado com a visão desse incrível animal, não tenha medo de fazer um registro. Não é todo dia que surge a oportunidade de estar perto de uma criatura tão majestosa e impressionante quanto os peixes-remo!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.