Homem apresenta perda de audição permanente após contrair covid-19

Homem apresenta perda de audição permanente após contrair covid-19

Último Vídeo

Um britânico de 45 anos, após ser internado em um hospital de Londres e ficar hospitalizado por cerca de 30 dias, apresentou perda auditiva permanente logo depois de estar curado da covid-19. As principais suspeitas médicas apontam para possíveis danos no nervo auditivo, no ouvido médio ou em ambos, e o caso configura como o primeiro evento de perda súbita de audição no país após a eliminação dos sintomas do vírus.

Segundo relatos da BMJ Case Reports, o paciente havia sido hospitalizado na UTI local com 10 dias de sintomas da covid-19, que se agravaram após a constatação de um quadro grave de asma, influenciando diretamente em seu sistema respiratório. Quase um mês depois, quando todos os problemas foram sanados e o homem já estava se sentindo bem, foi finalmente liberado, mas seria apenas o início de novas condições de saúde.

Aproximadamente uma semana após deixar o hospital, o homem começou a sentir estranhos zumbidos no ouvido esquerdo, que não demorou a evoluir para uma perda auditiva permanente na região. Ao retornar para o hospital, foi levado a uma nova bateria de testes, mas todas as possibilidades foram anuladas, levando os médicos a acreditarem que o caso aponta para sequelas do Sars-CoV-2

(Fonte: Fusion Medical Animation/Reprodução)
(Fonte: Fusion Medical Animation/Reprodução)

Felizmente, a administração de corticosteroides e medicamentos realizada antes da situação se agravar fez com que o caso fosse rapidamente solucionado e sua audição pôde ser recuperada a tempo. Porém, o caso liga um novo alerta para a análise dos sintomas da covid-19 e dos resquícios que pode deixar no organismo após ser tratada.

Os efeitos do coronavírus na audição

As suspeitas médicas apontam que o Sars-CoV-2 pode ter realizado uma resposta autoimune que danificou as estruturas internas do organismo do paciente. Dessa forma, a sobrecarga nos nervos do ouvido surge como possível responsável pelo quadro de perda auditiva neurossensorial súbita, ou SSHNL, que corresponde a perdas rápidas de um mínimo de 30 decibéis nos primeiros dias de infecção.

Em junho de 2020, foi registrado o primeiro caso de SSHNL no planeta, quando um homem de 60 anos desenvolveu os sintomas logo após contrair covid-19, e perdeu totalmente a audição em seu ouvido direito, levando-o a utilizar um implante coclear. O novo caso configura como o primeiro distúrbio do gênero que ocorreu no território do Reino Unido.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.