Assista vídeos de pássaros se alimentando em câmera lenta

O site Nerdist publicou, no final do ano passado, vários vídeos da fotógrafa Jocelyn Anderson nos quais são mostradas diversas cenas de pássaros se alimentando. O grande detalhe é que todas elas, com milhares de visualizações no YouTube, foram filmadas em câmera lenta.

Jocelyn capturou os detalhes dos seus amiguinhos voadores, que normalmente se movem muito rapidamente em tempo real, num parque em seu estado natal, Michigan, e a utilização da câmera lenta serve a dois propósitos: mostrar detalhes dos movimentos e das penas, e também fazer rir.

A fotógrafa explica que “[muitas vezes] pássaros menores se movem muito rápido para o olho humano captar detalhes de seus movimentos”. Então, ela pega o seu iPhone e grava o voo e “travessuras enquanto selecionam seus lanches preferidos”.

Míssil com penas e “voadora” no colega

Em um dos vídeos mais assistidos, Anderson alimenta um pica-pau-de-barriga-vermelha em câmera lenta. No vídeo em tempo real, o pássaro parece um míssil com penas. Depois, quando assistimos à versão desacelerada, parece se tratar de outro pássaro.

Um dos momentos mais engraçados é quando a fotógrafa alimenta um grupo de chapins-reais. Um dos pássaros chega para pegar a comida e, simplesmente, dá uma “voadora” no colega que chegou antes. Mas, para captar toda a carga ridícula da cena, assegure-se de deixar o som ativado.

https://www.youtube.com/watch?v=J9Dp8ABSMZA

Nos Estados Unidos, a alimentação de pássaros é um negócio lucrativo que arrecada anualmente cerca de US$ 4 bilhões, o equivalente a R$ 21,2 bilhões. 

Nos parques, são instaladas máquinas de venda automática de comidinhas para pássaros que, se por um lado representam uma chance de aumentar as doenças e a predação, por outro, podem significar a sobrevivência de algumas espécies durante invernos rigorosos, a não ser que levem uma “voadora” de algum colega.  

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.