Seja o primeiro a compartilhar

Síndrome de Asperger: 4 filmes e séries para entender a condição

Considerada uma perturbação do espectro autista (PEA), a Síndrome de Asperger é uma condição crônica de menor proporção que atinge milhões de pessoas pelo mundo. Esse quadro clínico, que pode ser melhor observado em celebridades como Elon Musk, Greta Thunberg e Courtney Love, ainda gera muitas discussões entre o público e, por mais que seja um assunto atual, envolve-se com dúvidas e equívocos sobre seu impacto na vida dos portadores.

Confira abaixo algumas produções audiovisuais que detalham a atuação da Síndrome de Asperger e esclarecem como é a vida de pessoas que possuem dificuldades na comunicação e interação social, ciclos de comportamento e restrições pontuais de interesses.

1. Mary & Max: Uma Amizade Diferente (2009)

A premiada claymation australiana do diretor Adam Elliot traz uma emocionante amizade entre um homem de 44 anos e uma menina de 8 anos, que passam a se comunicar por correspondências e relatar sentimentos sobre diversos eventos mundanos. O longa se destaca pelo forte apelo sensível e por tratar de temas delicados sobre depressão, ansiedade e diagnóstico de Asperger, condição vivenciada por Max e que o leva a enfrentar dificuldades para aceitar seu relacionamento amigável e inusitado com Mary.

2. Parenthood (2010-2015)

Parenthood é uma série estadunidense que se passa em Berkeley, Califórnia, e conta a história de três gerações da família Braverman, levando o público a conhecer sua rotina e a forma como elas educam e se relacionam com seus filhos. Logo na primeira temporada, Max Braverman, de apenas 8 anos, é diagnosticado com Asperger, e essa descoberta dá início a uma série de eventos novos que tratam com sensibilidade e autorresponsabilidade o portador da síndrome.

3. Asperger's Are Us (2016)

Asperger's Are Us é um documentário protagonizado pelo primeiro grupo de comediante formado exclusivamente por portadores da Síndrome de Asperger. O longa narra histórias e eventos que ocorreram em pouco mais de oito anos e trata, com bom humor, como adultos e profissionais autistas encarraram uma carreira desafiadora até o momento em que tomaram caminhos separados.

4. No Espaço Não Existem Sentimentos (2010)

Indicado ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 2011, No Espaço Não Existem Sentimentos é um longa sueco que acompanha a história de Simon (Bill Skarsgård), um jovem incapaz de se relacionar com outras pessoas e compreender seus sentimentos. Com um olhar leve e divertido, mas impactante, o filme trata a Síndrome de Asperger de uma forma única e discute amor fraternal, obstinação e outras emoções tenras em uma obra didática.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.

Comentários

Você já percebeu que passamos por algumas mudanças por aqui, né? Uma delas é melhorar também o nosso campo de comentários - e nada melhor do que você, nosso leitor, para nos ajudar e garantir que a gente esteja no caminho certo. Substituímos temporariamente nossos comentários por uma pesquisa rápida para implementarmos mais uma melhoria. Como você acredita que nossa interação pode ser mais próxima aqui?

CLIQUE AQUI PARA RESPONDER