Seja o primeiro a compartilhar

Qual a função da bexiga no nosso corpo?

Nossos corpos constantemente precisam se livrar de fluídos indesejados e, por isso, urinar talvez seja uma das funções mais importantes do corpo humano. Entretanto, esse recurso jamais seria possível se os nossos corpos não abrigassem um órgão extremamente importante para a regulação do nosso organismo: a bexiga. 

Mas será que você faz ideia de como uma bexiga funciona e o que aconteceria se ela parasse completamente de funcionar? Vamos tentar entender um pouco mais sobre como esse órgão opera em nosso cotidiano e quais são as suas principais funções dentro de nossas vidas. 

Funcionamento da bexiga

(Fonte: Unsplash)(Fonte: Unsplash)

A bexiga é uma bolsa que basicamente retém nosso xixi até que precisemos usar o banheiro, o que ocorre de quatro a dez vezes por dia para a maioria das pessoas. Uma vez que um fluído passa pelos rins e é filtrado, ele corre diretamente para a bexiga, onde ficará armazenado.

Ao passo que se enche, a bexiga infla para aumentar seu espaço. Quando está completamente cheia, as terminações nervosas nas paredes do órgão enviam sinais para o cérebro que logo encontra uma maneira de aliviar o estresse. Então, o cérebro avisa para a bexiga começar a contrair e eliminar todo o fluído em forma de urina.

Urinar é o melhor método do corpo se livrar de células e toxinas indesejadas que são filtradas do sangue pelos nossos rins. Quando nossos rins realizam esse processo, eles substituem a água, o sangue e as células boas, como proteínas e nutrientes, na corrente sanguínea. Então, essencialmente, nosso xixi é todo o resto de coisas ruins que estavam em nosso corpo.

Importância para a sobrevivência

(Fonte: Wikimedia Commons)(Fonte: Wikimedia Commons)

Nós sabemos que o corpo humano pode sobreviver utilizando apenas um rim, mas o que aconteceria se a nossa bexiga parasse de funcionar? Nesse caso, nós não teríamos uma forma de eliminar as toxinas maléficas ao nosso organismo. Se uma bexiga interrompe sua atividade, normalmente isso é resultado de danos aos nervos. 

Se as terminações nervosas nas paredes do órgão não estiverem funcionando corretamente, nós jamais conseguiríamos passar as informações para o cérebro e perderíamos o controle sobre a urina. Isso poderia causar três tipos de problema: bexiga hiperativa, perda de controle dos músculos do esfíncter ou retenção de urina.

Nesses casos, o indivíduo deve procurar ajuda médica para evitar maiores constrangimentos ou surgimento de infecções. As formas mais comuns de tratamento são o treinamento da bexiga, medicamentos, estimulação elétrica e, finalmente, cirurgia.


Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.

Comentários

Você já percebeu que passamos por algumas mudanças por aqui, né? Uma delas é melhorar também o nosso campo de comentários - e nada melhor do que você, nosso leitor, para nos ajudar e garantir que a gente esteja no caminho certo. Substituímos temporariamente nossos comentários por uma pesquisa rápida para implementarmos mais uma melhoria. Como você acredita que nossa interação pode ser mais próxima aqui?

CLIQUE AQUI PARA RESPONDER