16
Compartilhamentos

5 fatos que mostram o lado sombrio dos golfinhos

Os múltiplos filmes e séries de TV do golfinho Flipper pintam o animal como uma criatura dócil, inteligente e amigável. Mas, com Os Simpsonsnos avisaram, essas criaturas possuem um lado sombrio e até assustador.

Golfinhos são criaturas mais cruéis e viscerais do que muita gente imagina, chegando ao ponto de cometer assassinato por puro prazer. Continue lendo a nossa lista para ver os diferentes fatos que tornam esses mamíferos mais assustadores do que você imagina.

1. Golfinhos matam filhotes da própria espécie

Talvez um dos crimes hediondos mais graves que alguém possa cometer é acabar com a vida de uma criança. Só que certas espécies de golfinhos não possuem nenhum problema com isso.

Em 2013, cientistas da Savannah State University gravaram dois golfinhos machos atacando um filhote recém-nascido do gênero Tursiops. Nesse caso, por sorte, a mãe defendeu a sua cria com sucesso de um violento ataque de meia hora de duração.

Mas outros filhotes de Tursiops não tiveram a mesma sorte. Há até mesmo estudos científicos que apontam uma cultura de infanticídio entre adultos desse gênero de golfinhos.

2. Eles assassinam outros animais por diversão

A maioria dos animais catalogados e estudados só caça por dois motivos: para comer ou para se livrar de rivais. Mas não os golfinhos. De acordo com o site Listverse, não é raro ver um mamífero da espécie atacando botos.

Só que não há nenhuma razão lógica para eles estarem fazendo isso. Afinal, golfinhos não se alimentam de botos, e os dois animais também não rivalizam na busca de qualquer recurso natural.

Existem evidências de ataques onde bicos foram usados como se fossem porretes e grandes feridas foram abertas com os dentes. Há até quem diga que os golfinhos fazem isso tudo apenas por diversão.

3. Golfinhos violentam as fêmeas na hora da reprodução

A maneira como alguns golfinhos se reproduzem chega a beirar a violência sexual — ao menos para os padrões humanos. Há casos onde dois ou três Tursiops machos se juntam para isolar uma fêmea da espécie e copular contra a vontade dela.

De acordo com o site Slate, os golfinhos ainda tentam intimidá-la para evitar que ela tente fugir. Isso inclui fazer barulhos agressivos, movimentos ameaçadores e até bater nela com as suas caudas.

4. Eles podem atacar matar humanos

Se nenhum item da lista foi capaz de convencer você de que golfinhos têm um lado sombrio até agora, talvez este aqui consiga. Esses mamíferos não têm medo de atacar humanos, podendo até acabar nos matando.

Foi o que aconteceu uma vez em São Paulo, em 1994. Dois homens viram um golfinho nadando perto da praia e resolveram se aproximar para fazer carinho nele.

Apesar de ter aceitado os carinhos de início, o animal depois se virou e atacou ambas as pessoas. Um deles acabou tendo lesões internas muito graves e faleceu.

5. Golfinhos têm entre 80 e 100 dentes, e não têm medo de te morder

Vale lembrar que golfinhos possuem entre 80 e 100 dentes, e ocasionalmente podem morder humanos. Outro caso de ataque documentado foi sofrido por uma garota de oito anos no SeaWorld, em Orlando nos EUA.

Ela estava alimentando o animal com peixes. Só que, quando eles acabaram, o golfinho pulou e mordeu seu braço. O mamífero chegou a tentar arrastá-la para água antes de soltá-la. Por sorte, ela sobreviveu sem ferimentos mais graves.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.