30
Compartilhamentos

As 7 cobras mais velhas já registradas

Por estarem distribuídas entre mais de 3 mil espécies e terem diferentes nichos ecológicos, as cobras têm grandes variações em suas médias de idade, com indivíduos vivendo cerca de 6 anos e outros espécimes atingindo a marca dos 30 anos. Porém, casos raros de animais em cativeiro e bem-cuidados por criadores revelam superações impressionantes desses índices, com direito a alcançar marcas superiores às expectativas de vida de humanos nos países Costa do Marfim, Nigéria e Senegal.

Conheça abaixo as cobras que mais tiveram tempo de vida, segundo registros oficiais. 

7. Chennai, a cobra-real

(Fonte: Flickr / Reprodução)(Fonte: Flickr / Reprodução)

Chennai foi uma cobra-real que viveu no Parque Zoológico Aringar Anna, na Índia, por 12 anos. Durante quase 1 década, a cobra foi um dos répteis mais populares do planeta e uma das criaturas mais antigas do zoológico, mas acabou morrendo aos 18 anos, 4 anos após perder sua companheira de cativeiro.

6. Pretzel, a cobra-do-milho

(Fonte: Quora / Reprodução)(Fonte: Quora / Reprodução)

Pretzel, a cobra-do-milho, está há pouco mais de 2 anos sem aparecer, mas os últimos registros, publicados em 2019 por Jonathon Crowe, indicaram que o réptil já estava com mais de 20 anos. A média superou em quase 3 vezes a expectativa da vida da espécie, que configura entre 6 a 8 anos de idade.

5. Striker, a cascavel

(Fonte: Phys / Reprodução)(Fonte: Phys / Reprodução)

Vivendo em Auburn, Califórnia, Striker era membro permanente da sala de aula de Biologia da Placer High School e praticamente morou a vida toda na faculdade, já que foi levada para o local quando ainda era um filhote. Na metade de sua vida, a cascavel foi para cativeiro, onde permaneceu até os seus últimos dias na Terra, quando completou impressionantes 34 anos de idade.

4. Annie, a anaconda

(Fonte: Daily Advent / Reprodução)(Fonte: Daily Advent / Reprodução)

Cobra de 4 metros com temperamento “doce” e “bondoso”, de acordo com o criador Paul Swires, Annie entrou no Guinness World Records como a cobra mais velha viva em cativeiro. O animal, que pesa quase 40 quilos, existe há 38 anos e superou consideravelmente a expectativa de vida de 15 anos das anacondas.

3. Popeye, a jiboia

(Fonte: The Biggest / Reprodução)(Fonte: The Biggest / Reprodução)

Nascida em 1937, a jiboia Popeye morreu com 40 anos, 3 meses e 14 dias no Zoológico da Filadélfia (Estados Unidos), onde morou por toda sua vida. Em média, jiboias em cativeiro sobrevivem até os 30 anos, mas o espécime inspirado no marinheiro do espinafre teve seus dias estendidos após bons cuidados na instituição. Em relação às dimensões, há poucos registros existentes sobre o animal.

2. Ben, a jiboia

(Fonte: Guinness World Records / Reprodução)(Fonte: Guinness World Records / Reprodução)

Falecida em 2016 em Valdosta, Geórgia, Ben apareceu no livro dos recordes como a cobra há mais tempo viva em cativeiro, ao completar 42 anos. Desde 1974, a jiboia-arco-íris-colombiana estava sob os cuidados de Dennis e Andrew Hatterman, que trataram o animal como um familiar e foram capazes de aumentar bastante a expectativa de vida da cobra.

1. Fêmea de píton-real

(Fonte: BBC / Reprodução)(Fonte: BBC / Reprodução)

Viva desde 1953, a píton-real do zoológico de St. Louis, Missouri, é a cobra mais antiga já registrada, com cerca de 63 anos "nas costas". Curiosamente, o animal vem gerando ovos férteis nos últimos 15 anos sem a ajuda de um macho ou acasalamento, algo que intriga cientistas responsáveis por realizar exames genéticos no espécime.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.