Pinheiro-de-cook: a árvore que sempre se inclina para o Equador

Natural da Nova Caledônia, um arquipélago tropical localizado no sudoeste do oceano Pacífico, o pinheiro-de-cook atualmente pode ser encontrado nas mais variadas partes do mundo. No entanto, a maneira como essas árvores se apresentam na natureza nunca é a mesma.

Pertencente à família das coníferas, essa espécie é conhecida por ter um formato alongado e estreito, além de sua marcante inclinação no tronco. De acordo com os pesquisadores, essa árvore se inclina a um ângulo de 8,55º, que curiosamente varia de direção dependendo do hemisfério em que o espécime esteja vivendo.

Descoberta por acaso

(Fonte: Wikimedia Commons)(Fonte: Wikimedia Commons)

Durante uma breve pesquisa sobre a espécie para incluí-la em seu livro, o biólogo Matt Ritter, professor da Universidade Politécnica do Estado da Califórnia, nos Estados Unidos, deparou-se com uma descoberta inusitada. Ao questionar seus colegas de profissão na Austrália sobre a inclinação do pinheiro-de-cook, ele acabou aprendendo que a árvore direcionava-se para o lado contrário naquela região.

Ou seja, enquanto um pinheiro-de-cook crescido no Hemisfério Norte pende para o sul, um exemplar nascido no Hemisfério Sul crescerá pendendo para o norte. Isso fez com que Ritter e seus colegas começassem a pensar sobre a possibilidade de a árvore se inclinar sempre em direção à Linha do Equador — que divide o mundo horizontalmente em dois hemisférios.

Então, os pesquisadores passaram a analisar o comportamento de mais de 250 pinheiros-de-cook em 18 países espalhados pelos 5 continentes, também apresentando latitudes diferentes. Após a coleta dessas informações, o estudo acabou sendo publicado na revista Ecology.

Caso inédito

(Fonte: Wikimedia Commons)(Fonte: Wikimedia Commons)

Embora a média de inclinação do pinheiro-de-cook seja realmente 8,55º, os biólogos notaram que esse número pode variar ainda mais dependendo do quão afastadas as árvores estão do Equador. Por exemplo, um espécime encontrado na Austrália chegou a apresentar um ângulo de 40º.

Sendo assim, as inclinações tendem a ser maiores quanto mais longe a árvore estiver da linha que divide o planeta. Embora não seja novidade que algumas árvores se inclinam em direção ao Sol durante seu desenvolvimento, as características do pinheiro-de-cook foram consideradas únicas pelos cientistas.

Em entrevista à revista científica New Scientist, o pesquisador Steve Warren, do Serviço Florestal dos EUA, disse que algumas plantas realizam a mesma movimentação do pinheiro-de-cook, mas não há qualquer histórico de outras árvores que se curvam na direção do Equador.

Influência genética

(Fonte: Wikimedia Commons)(Fonte: Wikimedia Commons)

De acordo com os pesquisadores responsáveis pelo estudo, a principal hipótese para explicar o comportamento peculiar dessa espécie é que tenha relação com a genética da árvore ou se trate de uma adaptação para que a planta consiga aproveitar o máximo de luz solar mesmo em regiões com latitudes elevadas.

Porém, até o momento tudo não passa de suposição. Os estudiosos ressaltam que mais pesquisas precisam ser feitas a respeito do assunto para se chegar a uma conclusão. Na visão da comunidade, uma análise aprofundada sobre o pinheiro-de-cook pode trazer uma compreensão única sobre quais mecanismos as plantas usam para reagir aos estímulos da natureza.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.