Seja o primeiro a compartilhar

Por que o vento em movimento parece ser mais fresco?

Em boa parte do Brasil, as temperaturas altas costumam durar o ano todo. E para escapar um pouco desse calor, muita gente acaba se abanando como pode — com a mão, com o auxílio do ventilador e até mesmo com algum pedaço de papel.

Mas você sabe porque esse ato costuma gerar um vento mais fresco do que a temperatura ambiente? Acompanhe só:

Leia também: Como aliviar o calor sem ar-condicionado? Confira 5 dicas

O que acontece quando nos abanamos?

(Fonte: Freepik)(Fonte: Freepik)

A verdade é que o ar não fica mais gelado quando nos abanamos. O que acontece é que o vento em movimento acelera a troca de calor entre a pessoa e o ambiente, causando a sensação térmica de que o ar ficou mais gelado e fresco. Isso significa que o vento não está mais frio, ele só parece estar porque estamos perdendo calor mais rápido.

Durante todo o tempo, nosso corpo está perdendo calor para o ar. O vento causado pelo abano, ou por uma brisa, faz com que as moléculas de ar entrem em contato com a nossa pele, acelerando a troca de energia para o ambiente. 

Isso faz com que tenhamos a falsa impressão de que quando o ar está em movimento ele é mais fresco, mesmo que a temperatura seja a mesma com ele parado. É quase como uma ilusão de óptica, só que na pele. Para se ter ideia, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a cada vez que a velocidade aumenta 7 km/h, a sensação térmica diminui 1 °C. 

Vale ressaltar que essa mesma sensação acontece ao usar o ventilador. Inclusive, quanto estamos suados, a sensação de frescor acaba sendo ainda maior, pois o vento acelera a transformação da água da nossa pele em vapor.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.