Seja o primeiro a compartilhar

Já existiram vulcões no Brasil?

O nosso país está situado bem no meio da placa sul-americana. Isso significa que nos encontramos a uma boa distância das bordas das placas tectônicas sobre as quais estamos. Por isso, muitas pessoas acreditam que nunca existiram vulcões no Brasil.

Mas será que o território brasileiro sempre foi livre das ameaças vulcânicas?

(Fonte: Shutterstock/Reprodução)(Fonte: Shutterstock/Reprodução)

Os vulcões brasileiros

Hoje não existem vulcões no Brasil. Mas cerca de 600 milhões de anos atrás a forma dos continentes era bem diferente da que conhecemos atualmente.

Para você ter uma ideia, a paisagem repleta de montanhas do sudeste brasileiro não é por acaso: ela já foi o lar de uma extensa cadeia de vulcões gigantes e ativos.

(Fonte: Shutterstock/Reprodução)(Fonte: Shutterstock/Reprodução)

Por exemplo, a serra da Região Sudeste, há milhões de anos, começava em uma extremidade de um mar estreito, em um ponto onde está atualmente situada a cidade de Teófilo Otoni, em Minas Gerais, e se estendia por mais de 500 quilômetros até nas proximidades do estado do Paraná.

Alguns estudiosos estimam que os picos dos vulcões dessa região, no período de maior atividade, podem ter sido tão grandes quantos os encontrados na Cordilheira dos Andes.

O problema é que estudar com exatidão como era essa parte do Brasil no passado não é fácil. Afinal, a cadeia de montanhas enormes que existia graças ao antigo continente e o mar estreito desapareceram em sua boa parte consumida pela erosão.

Ainda assim, o sudeste continua sendo muito pesquisado com relação aos vulcões, especialmente o estado de Minas Gerais.

Aliás, graças aos fragmentos do que antes era o fundo de um mar e de rochas que fizeram parte das profundezas de vulcões, e que agora são encontradas em Minas, é que um grupo de 14 pesquisadores desenvolveu um estudo sobre o que eles chamaram de Arco Vulcânico do Rio Doce, publicado na South American Earth Sciences, em 2015.

Mas é na outra extremidade de nosso país, na região amazônica, que vamos encontrar um dos vulcões mais antigos do mundo. Ele ficava nas proximidades do rio Tapajós e pode ter atingido uma altura de 400 metros.

(Fonte: Shutterstock/Reprodução)(Fonte: Shutterstock/Reprodução)

Na outra ponta do Brasil, mais precisamente em Fernando de Noronha, que hoje atrai turistas de todo o mundo graças as suas paisagens paradisíacas, também havia um complexo de vulcões a 12 milhões de anos atrás, sendo que alguns podiam ter sua base a 4 quilômetros de profundidade.

Um aspecto interessante sobre Noronha, é que a região abrigava uma série de vulcões submarinos. Contudo, esse tipo de vulcão normalmente se solidifica rapidamente em decorrência do choque com a água fria.

Mas, nesse caso, a atividade dos vulcões era muito intensa, tanto que o magma deles conseguiu chegar à superfície ajudando a formar as ilhas que existem agora.

Hoje, vulcões no Brasil são histórias de um passado distante. Mas, como vimos, nosso território já foi bem agitado. E até Minas Gerais já teve mar!

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.