Seja o primeiro a compartilhar

Eclipse lunar total poderá ser visto de todo o Brasil neste domingo (15)

No próximo dia 15 de maio, os brasileiros terão uma visão privilegiada de um eclipse total da Lua. O evento começará por volta das 22h32 do dia 15, domingo, e se encerrará aproximadamente às 3h50 do dia 16, segunda-feira. Para observar esse fenômeno, não será preciso nenhum equipamento especial, contudo, o uso de binóculos e lunetas pode trazer imagens mais detalhadas.

Para conseguir enxergar o eclipse a olho nu, é importante que o clima da sua cidade proporcione um céu limpo. Então, cruze os dedos para não chover à noite.

Mas, se o tempo estiver fechado, acalme-se. Esse tipo de eclipse não é tão raro, como um eclipse total do Sol. Ele ocorre cerca de três vezes por ano apesar de nem sempre ser visível de alguns pontos do planeta. E é isso que torna o eclipse do próximo dia 15 tão especial para nós: ele terá excelente visibilidade para os moradores da América do Sul.

As etapas do eclipse lunar

(Fonte: Stocksnap)(Fonte: Stocksnap)

 Shutterstoc

O fenômeno começará às 22h32. Nesse momento, os espectadores não conseguirão notar muita diferença no céu, pois apenas parte da luz do Sol será bloqueada. Essa etapa específica exige o uso de algum equipamento, como um telescópio.

Conforme os minutos forem passando, o eclipse irá avançar para outras fases. Às 23h27 é esperado que a sombra da Terra comece a avançar sobre a Lua e isso será visível a olho nu. Às 0h29, a Lua será totalmente encoberta pela sombra do nosso planeta, mas ela não sumirá. Poderemos vê-la com uma aparência avermelhada. Com o passar dos minutos, essa aparência avermelhada dará lugar a uma sombra escura que avançará pelo satélite.

É esperado que à 1h53 do dia 16 a luz solar comece a iluminar novamente a Lua. Às 3h50 da segunda-feira, o satélite natural estará novamente iluminado por completo, marcando o fim do eclipse.

O que é um eclipse lunar?

Exemplo de eclipse lunar. Fonte: Nasa

O eclipse lunar ocorre quando a Lua fica sob a sombra da Terra. Isso acontece algumas vezes por ano, quando o alinhamento da Lua, Terra e Sol fica perfeito. Isso faz com que a luz solar crie uma sombra do nosso planeta e essa sombra esconda a Lua por alguns momentos. Durante esse alinhamento, a Lua ficará parcialmente encoberta (fase penumbral do eclipse) e, depois, totalmente coberta pela sombra (fase umbral). O eclipse lunar é uma das provas que o nosso planeta não é plano, já que a sombra projetada sobre a Lua é circular. O aspecto vermelhado que a Lua ganha durante o eclipse ficou conhecido como “Lua de Sangue”.

A Agência Espacial Americana (NASA) preparou um vídeo que mostra as fases de um eclipse lunar para que as pessoas consigam identificar as diferentes fases do fenômeno.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.