Seja o primeiro a compartilhar

Aurora Boreal: 'buraco azul' chama atenção para vila na Suécia

A Aurora Boreal é de longe uma das visões mais lindas que o nosso planeta pode fornecer para nossos olhos. Em regiões próximas ao Polo Norte, uma dança de luzes coloridas toma conta do céu, algo decorrente de explosões na superfície do sol que colidem com gases na atmosfera da Terra. Isso faz com que faixas cintilantes de vermelho, verde e roxo surjam no calar da noite. 

Para que uma Aurora Boreal aconteça, normalmente é necessário que o clima esteja muito frio, a noite ainda tenha uma quantidade considerável de luz e o céu esteja limpo. Porém, os cidadãos da vila de Abisko, na Suécia, foram "abençoados" com o privilégio de ver toda essa ação com mais frequência do que demais localizações. Entenda!

Luzes ondulantes

a(Fonte: Shutterstock)

Abisko é uma minúscula aldeia localizada 250 km ao norte do Círculo Polar Ártico, só podendo ser acessada através de uma pista única pelas estradas da Suécia. O que faz esse local ser especial, no entanto, é o chamado "buraco azul" — um pedaço do céu que se estende de 10 a 20 km² sobre a vila.

Dentro dessa área encontra-se o Lago Torneträsk e o Parque Nacional Abisko, que apresentam um céu mais claro do que o normal independente dos padrões climáticos da região. Esse fenômeno meteorológico pouco conhecido faz com que a vila seja um dos melhores lugares do mundo para testemunhar consistentemente a Aurora Boreal.

Por estar mais ao leste da Cordilheira Escandinava, que corre ao longo da fronteira entre Noruega e Suécia, a direção do vento dominante nesta área faz com que as massas de ar úmido do Atlântico precisem subir altitudes mais altas e mais frias do que o normal para atravessar as montanhas. Isso faz com que esse ar fique seco e desintegre as nuvens da região, formando o famoso "buraco azul". 

Turismo em Abisko

Por conta do cenário perfeito montado em Abisko, a Aurora Boreal é a principal atração da vila durante os meses de inverno. Além disso, o clima da região também proporciona outros eventos climáticos igualmente espetaculares, como os "arcos lunares", que ocorrem quando o luar reflete e refrata através de gotículas de água e cristais de gelo no ar ao redor do "buraco azul".

No entanto, a Aurora Boral é uma atração tão grande que alguns empreendedores da região decidiram tirar proveito dessa sorte. Conforme publicado pela BBC, o empresário Chad Blakley e sua esposa, Linnea, decidiram fundar a empresa Lights Over Lapland em 2010.

Para aqueles que não possuem condições financeiras de chegar à região remota da Suécia, mas mesmo assim querem assistir ao fenômeno, o casal decidiu montar uma câmera que tira uma foto a cada cinco minutos do céu local e transmite para a internet. O projeto já funciona há mais de uma década e possui audiência anual de 8 a 10 milhões de pessoas.

Com um céu tão extraordinário assim por vários momentos do ano, é possível imaginar que a vida em Abisko seja, no mínimo, visualmente agradável para seus habitantes. 

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.