Seja o primeiro a compartilhar

Agricultor afegão cultiva escorpiões para colher seu veneno

Na pequena cidade de Lashkargah, no sul do Afeganistão, o agricultor Pir Mohammad ganha a sua vida de uma maneira inusitada: criando pequenos escorpiões amarelos em uma caixa de plástico transparente, onde as criaturas se escondem. Com isso, ele usa uma pinça metálica e gentilmente pega um animal pela cauda.

O ferrão dos escorpiões não é apenas a parte mais perigosa de seus corpos, mas também a mais valiosa. Em declaração à imprensa, Mohammad afirma ter contatos internacionais que pagariam mais de US$ 1 milhão por quilo do veneno produzido por esses seres invertebrados. Entenda como funciona esse mercado milionário!

Cultivo de escorpiões

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Com 46 anos de idade, Mohammad é um dos primeiros criadores de escorpião no Afeganistão e encontrou seu caminho para uma fonte de renda confiável. Como o país tem passado por graves momentos de tensão desde a saída das tropas norte-americanas de seu território e o retomada de controle por parte do Talibã, conseguir se manter financeiramente saudável tem sido um verdadeiro desafio para os afegãos.

Para o sucesso do seu empreendimento, Pir alugou uma estrutura de dois andares em uma região comercial de Lashkargah, onde conseguiu desenvolver um refúgio limpo e climatizado para criar seu inventário em rápida expansão de escorpiões capturados nas proximidades. Caixas de plástico revestidas com cascalho tomam conta de todas as prateleiras do terrário improvisado.

Ao todo, são mais de 16 mil escorpiões criados ali — incluindo caixas inteiras com ovos de bebês escorpiões. De maneira resumida, o veneno de escorpião é altamente valorizado entre pesquisadores médicos, visto que essa substância pode também ser usada para meios benéficos na medicina. Os usos potenciais incluem a confecção de medicamentos antimaláricos, antiepilépticos, inseticidas, antibióticos e até mesmo remédios para o tratamento de vários tipos de câncer.

Veneno milionário

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Por conta de todo o valor que oferece para a medicina, o veneno de escorpião não poderia ser um produto barato. Por esse motivo, um único grama dessa substância pode custar até US$ 115 mil, sendo que os catálogos médicos raramente precisaram de apenas um grama por vez.

Logo, até mesmo uma "pequena" colheita poderia trazer lucros enormes para pequenos agricultores, como ocorre no caso de Mohammad. Embora o projeto do afegão esteja apenas começando e conte com apenas 10 funcionários, a expectativa é de que esse negócio possa se expandir cada vez mais.

"No próximo verão, encontraremos mais membros da comunidade para  sair à procura de mais escorpiões", garantiu o agricultor em seu depoimento. De acordo com Mohammad, foi necessário oito meses para coletar os 16 mil escorpiões armazenados por ele atualmente. Porém, ele argumenta que o negócio só se tornará realmente viável quando conseguirem montar uma estrutura capaz de abrigar até 10 milhões de escorpiões.

Por enquanto, no entanto, o caminho até essa tarefa parece ser longo e as grandes fortunas prometidas ainda não chegaram.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.