Seja o primeiro a compartilhar

A verdade sobre Earthrise, a 'imagem do século' e primeira foto tirada da Terra

Em 1968, os astronautas que estiveram na primeira missão de exploração da lua, a Apollo 8, geraram a imagem "Earthrise" (Nascer da Lua), uma fotografia que teve grande impacto político e cultural no mundo todo.

Por anos, acreditou-se que a história por trás da foto seria a seguinte: a tripulação teria sido pega de surpresa pela grande circunferência azul da Terra surgindo por trás da lua. Contudo, revelações recentes têm mostrado que provavelmente não foi bem assim que esse registro foi produzido.

Uma nova versão foi dada por Robert Poole, professor de história, em artigo publicado no portal IFL Science. Levantamentos feitos pelo autor nos arquivos da NASA mostram que houve mais planejamento por trás desta fotografia icônica do que se costumava crer.

A viagem da Apollo 8

Frank Borman. (Fonte: Space Frontiers/Getty Images)Frank Borman. (Fonte: Space Frontiers/Getty Images)

Segundo Poole, depois que os astronautas entraram na órbita lunar, eles quase deixaram de ver a Terra. Eles somente perceberam que isso aconteceria quando a espaçonave girou em 180 graus.

De acordo com Frank Borman, que era o comandante da missão Apollo 8 da NASA em 1968 (e que faleceu em novembro de 2023), os membros da tripulação teriam sido “pegos de surpresa pois estavam muito ocupados com a observação lunar nas três primeiras órbitas”.

Ocorre que Dick Underwood, que deu alguns direcionamentos de fotografia para o grupo da Apollo 8, apresentou novos esclarecimentos a Robert Poole. Segundo seu depoimento, “foram passadas horas com as tripulações lunares, incluindo a tripulação da Apollo 8, em instruções sobre como exatamente configurar a câmera, que filme usar… essas instruções foram mais abrangentes”.

Ainda assim, ocorreu alguma discussão dentro da NASA sobre o que os astronautas deveriam registrar quando estivessem lá. A administração insista que eles priorizassem fotos da geologia lunar e de locais de pouso. 

Em uma entrevista dada à imprensa, Borman afirmou que esperava conseguir obter “boas imagens da Terra a partir da Lua”, enquanto seu colega, o astronauta Jim Lovell, dizia que queria ver “a Terra pôr-se e a Terra nascer”. Por fim, o plano destinado à missão era mais de fotografar a lua e menos a Terra.

Um flagrante inesquecível

Foto original Earthrise, tirada em 1968 durante a missão Apollo 8. (Fonte: Space Frontiers/Getty Images)Foto original Earthrise, tirada em 1968 durante a missão Apollo 8. (Fonte: Space Frontiers/Getty Images)

Ao chegar o momento chave, os astronautas realmente foram surpreendidos por uma visão exuberante, só que ela não durou muito tempo. O terceiro astronauta da missão, Bill Anders, estava em uma janela lateral tirando fotos de crateras usando uma câmera com filme preto e branco quando, de repente, viu a Terra surgir por trás da Lua. Ele exclamou: “Olha aquela imagem ali! Aqui está a Terra surgindo”.

Anders sacou bem rapidamente uma foto nítida do momento em que a Terra emergia para cima do horizonte lunar. Ele e Lovell passaram a discutir sobre quem deveria pegar a câmera colorida. Por fim, a tarefa sobrou para Anders, que gerou a foto que depois seria chamada de "a imagem do século".

Contudo, houve outra imagem na câmera que foi relativamente ignorada por ser em preto e branco. Mas, tecnicamente, ela seria mais perfeita que a outra. Sobre este momento histórico, Lovell refletiria no futuro: “a solidão aqui é inspiradora… nos faz perceber o que você tem na Terra”. Já Borman declarou que foi “intensamente emocionante… Não dissemos nada um ao outro, mas talvez tenhamos compartilhado outro pensamento que tive: 'Isso deve ser o que Deus vê'”.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.