Estudo revela que bebês podem reconhecer o medo nos olhos das pessoas
24
Compartilhamentos

Estudo revela que bebês podem reconhecer o medo nos olhos das pessoas

Último Vídeo

Tudo bem que a maioria de nós consegue identificar diversas emoções só de olhar para o rosto dos outros, mas você imaginava que bebezinhos fossem capazes de reconhecer o medo nas pessoas só de olhar para seus olhos? Pois, de acordo com Sarah Griffiths — do Daily Mail —, foi isso o que pesquisadores do Instituto Max Planck, na Alemanha, descobriram recentemente.

Segundo Sarah, durante a primeira fase do estudo, os especialistas realizaram testes com 24 crianças. Os pesquisadores exibiram aos participantes mirins fotografias de olhos com expressões de alegria e de medo enquanto realizavam leituras da atividade cerebral dos pequenos por meio de exames de eletroencefalografia. Depois, os cientistas repetiram o experimento com mais 22 bebês, usando imagens nas quais os olhares eram mostrados dirigidos diretamente a eles.

Meeeedo!

Os especialistas mostraram cada fotografia por apenas 50 milissegundos nos dois testes, intervalo de tempo durante o qual, conforme explicaram, não somos capazes de registrar informações de maneira consciente. O mais interessante é que após avaliar os resultados das eletroencefalografias, os cientistas perceberam que as crianças reagiam de forma mais intensa quando eram apresentadas com as imagens mostrando expressões de medo.

Mais interessante ainda foi a conclusão à qual os especialistas chegaram: quando expressamos medo ou surpresa, geralmente arregalamos mais os olhos do que quando mostramos outras emoções — como a alegria, por exemplo —, exibindo uma maior porção da esclera. Esse mecanismo de reconhecimento já era conhecido, e cientistas acreditam que as nossas grandes escleras têm um importante papel nas interações sociais.

Meninas e meninos

De acordo com o Daily Mail, os seres humanos evoluíram escleras maiores para permitir que possamos identificar a direção para a qual outras pessoas estão olhando, já que a direção está relacionada com diferentes estados emocionais. Aliás, as mulheres têm mais facilidade para fazer essas “leituras” do que os homens e, se você prestar atenção, as meninas contam com escleras maiores do que os meninos.

No entanto, apesar de esse mecanismo inconsciente de reconhecimento já ser conhecido, ainda não se sabia quão cedo ele começava a se desenvolver em crianças. O estudo realizado pelos pesquisadores alemães revelou que bebês com apenas sete meses de vida já conseguem identificar algumas emoções através da leitura dos olhos das pessoas.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.