Canhotos ganham 10% menos do que os destros, revela estudo
230
Compartilhamentos

Canhotos ganham 10% menos do que os destros, revela estudo

Último Vídeo

Não pense que os coitados dos canhotos levam a pior apenas nas estatísticas — que aparentemente apontam que perto de 2 mil deles morrem anualmente em consequência do uso de equipamentos projetados para os destros. De acordo com Danielle Kurtzleben do portal Vox, um estudo apontou que quem tem a mão esquerda dominante também recebe salários significativamente mais baixos.

O estudo foi realizado por Joshua Goodman — da Universidade de Harvard —, que examinou levantamentos superabrangentes realizados nos EUA e no Reino Unido. As pesquisas incluíam dados referentes ao uso da mão dominante, grau de escolaridade, resultados em testes padronizados — equivalentes ao Enem, por exemplo —, renda e qual era a mão dominante dos pais.

Déficits

As análises revelaram que entre 11 e 13% da população é canhota e, quando comparada aos destros, os ganhos são entre 10 e 12% mais baixos. Além de descobrir que existe uma diferença salarial entre canhotos e destros, o Goodman também descobriu que ela se deve em parte ao fato de os canhotos terem habilidades cognitivas mais baixas e de apresentarem problemas emocionais e de comportamento.

Várias estatísticas parecem apoiar o estudo, pois, segundo Danielle, entre 3 e 4% dos canhotos dos EUA e do Reino Unido são mais propensos do que os destros a se saírem mal em testes de matemática e compreensão de texto. Além disso, pesquisas apontaram que os canhotos também têm uma maior probabilidade de apresentar problemas de aprendizado e fala, e levantamentos nos EUA mostraram que eles são mais inclinados a abandonar a faculdade.

E mais: questões como complicações no parto e baixo peso em bebês também estão associadas com a “canhotice”, e podem ter reflexos ao longo da vida dos canhotos. Curiosamente, Goodman descobriu que os canhotos filhos de mães destras são os que costumam apresentar déficits nas habilidades cognitivas, e o mesmo foi observado em destros filhos de mães canhotas.

Mães e filhos

Canhotos filhos de canhotas e destros filhos de destras não costumam exibir problemas, e Goodman suspeita que isso se deva ao fato de as crianças se beneficiarem ao observar as mães escrevendo ou realizando outras tarefas cognitivas. De qualquer forma, apesar de este estudo trazer resultados bem interessantes, ele não é o primeiro sobre canhotos — nem o primeiro a apontar resultados semelhantes aos apresentados por Goodman.

No entanto, conforme você pode conferir nesta matéria que postamos aqui no Mega Curioso, estudos anteriores trazem resultados conflitantes com a pesquisa de Goodman. Mas, segundo esclareceu Danielle, isso não significa que a pesquisa atual seja furada, e sim que, em vez de focar em grupos específicos — como indivíduos com QI mais alto que a média, por exemplo —, ela considera a população como um todo, provando que os destros se dão melhor que os canhotos.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.