Drops Históricos #007: sua dose semanal de História aqui no Mega!
04
Compartilhamentos

Drops Históricos #007: sua dose semanal de História aqui no Mega!

Último Vídeo

Nesta semana, na coluna Drops Históricos, você confere a criação da primeira colônia inglesa no território que é hoje os Estados Unidos, além de saber mais sobre o curioso caso da menina de 5 anos que deu à luz um filho. A criação do Estado de Israel, o início da Revolução Cultural Chinesa e a chegada de Vasco da Gama à Índia também estão em pauta. 

Você ainda vai descobrir um pouco mais sobre algumas personalidades, como Frank Sinatra, o cantor americano que é recordista de venda de discos; o Papa João Paulo II, muito querido entre os católicos e que se tornou santo; e Pierre Curie, que junto com sua esposa descobriu o rádio. Confira!

14 de maio

1607: Fundação de Jamestown, na Virgínia, a primeira colônia inglesa no Novo Mundo

1

No final do século XVI, os ingleses, com a ambição de conquistar novas terras, investiram na construção naval e na política mercantilista de acumular riquezas para o reino. Para isso, eles fundaram companhias de comércio que uniram rei e burguesia para financiar as expedições marítimas e encontrar regiões que pudessem ser colonizadas.

As primeiras tentativas ocorreram entre os anos de 1584 e 1587, quando uma expedição comandada por sir Walter Raleigh tentou conquistar o território da América do Norte, mas foi violentamente derrotada pelos nativos que resistiram à conquista inglesa. Entretanto, em 1607, uma companhia de comércio conseguiu dominar os nativos e fundou a colônia da Virgínia, a primeira região dominada pelos ingleses.

Lá, os ingleses investiram na produção do tabaco, que era um produto altamente lucrativo no mercado europeu.

1939: Lina Medina se torna a mais jovem mãe da história da medicina

Lina Medina, uma peruana nascida em 27 de setembro de 1933, é conhecida mundialmente por ter dado à luz um filho precocemente, com apenas 5 anos de idade. Por esse fato, Lina Medina é a mãe mais jovem já confirmada na história da medicina.

O garoto foi criado pelo irmão de Lina Medina e levado a acreditar que sua mãe era sua irmã. Somente quando Gerardo chegou à puberdade descobriu que Lina era sua mãe. Porém, nunca soube quem era seu pai. Infelizmente, Gerard morreu aos 40 anos de idade, devido a uma doença na medula óssea. O mistério de quem poderia ser o pai de Gerard ainda permanece, e Lina Medina se nega a falar sobre o assunto.

1948: Independência e criação do Estado de Israel

Ela foi oficialmente anunciada em 14 de maio de 1948. A criação de Israel se baseou numa resolução aprovada 1 ano antes na Organização das Nações Unidas (ONU), que previa a divisão do então território da Palestina em dois estados: um árabe e um judeu. Na época, a Palestina estava sob administração britânica e era habitada por uma maioria árabe.

Por isso, a resolução da ONU, que foi aceita por líderes judeus, acabou sendo recusada pelos governantes dos países árabes vizinhos da Palestina. As discussões diplomáticas ainda estavam quentes quando líderes judeus se apressaram para decretar a independência de Israel, em maio de 1948. A resposta árabe foi imediata: no dia seguinte à declaração de independência, Egito, Síria, Líbano e Iraque atacaram o novo país.

Cerca de 750 mil árabes que viviam na região foram obrigados a fugir por causa do conflito. Por outro lado, 800 mil judeus residentes em países como Síria, Iraque, Tunísia, Líbia e Iêmen deixaram às pressas seus lares, a maioria tornando-se imediatamente cidadãos de Israel. A vitória israelense viria no ano seguinte, em 1949, garantindo a sobrevivência do novo país. No entanto, longe de tranquilizar as coisas, o resultado do conflito só semeou mais violência na região — a qual dura até hoje.

1955: Assinatura do Pacto de Varsóvia

2

Sete países fundaram o Pacto de Varsóvia, liderado pela União Soviética. Foi uma reação ao ingresso da Alemanha Ocidental na Otan, a Organização do Tratado do Atlântico Norte. Na época, a Alemanha Oriental era controlada pelos soviéticos. 

Era o auge da Guerra Fria. O bloco militar de defesa conjunta reuniu a União Soviética, a Polônia, as então Tchecoslováquia e Alemanha Oriental, além de Hungria, Romênia, Bulgária e Albânia. Assim, foi firmado o Tratado de Amizade, Cooperação e Ajuda Mútua do Leste, denominado Pacto de Varsóvia, por causa da cidade onde foi assinado.

Morreu neste dia...

1998: Frank Sinatra, cantor estadunidense

Francis Albert "Frank" Sinatra foi um cantor, ator e produtor americano, sendo considerado um dos mais populares e influentes artistas musicais do século 20. Ele é um dos maiores recordistas de vendas de todos os tempos, com mais de 150 milhões de discos vendidos.

Sinatra era filho único e nunca estudou música. Autodidata, abandonou o último ano do curso secundário para começar a cantar. O cantor decidiu encerrar sua carreira em 1995, aos 80 anos. Morreu 3 anos depois, em Los Angeles, de ataque cardíaco.

15 de maio

Nasceu neste dia...

1859: Pierre Curie, físico francês

Em conjunto com a sua mulher, Marie, ele descobriu o fenômeno da radiatividade, a partir de novos elementos que emitiam espontaneamente radiações. Desde então, continuaram a trabalhar juntos e, em 1898, conseguiram isolar um novo elemento: o polônio (em homenagem à Polônia, nome do país de origem de Marie). Meses mais tarde, descobriram o rádio. Em 1903, ambos receberam em conjunto o Prêmio Nobel de Física, por seus estudos sobre a radioatividade.

16 de maio

1966: Início da Revolução Cultural Chinesa

3

Foi um período de transformações políticas e sociais que agitaram a China entre 1966 e 1976. Quem a desencadeou foi Mao Tsé-Tung, que liderava o país desde 1949, quando os comunistas chegaram ao poder.

Insatisfeito com os rumos do sistema que ele mesmo havia implantado, Mao queria que a China fugisse do modelo soviético de comunismo, por considerá-lo falido e onde os burocratas do governo viviam num mundo irreal, com mordomias que o resto da população não tinha.

Assim, numa reunião do Comitê Central do Partido Comunista Chinês (PCC), em agosto de 1966, ele lançou formalmente a Revolução Cultural. “Mao tinha quatro objetivos: corrigir o rumo das políticas do PCC; substituir seus sucessores por líderes mais afinados com o que pensava; assegurar uma experiência revolucionária à juventude chinesa; e tornar menos elitistas os sistemas educacional, cultural e de saúde”, diz o cientista político Kenneth Lieberthal, do Centro de Estudos Chineses da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos.

17 de maio

1498: Vasco da Gama chega à Índia

Em 20 de maio de 1498, o navegador e explorador português Vasco de Gama tornou-se o primeiro europeu a atingir a Índia atravessando os oceanos Atlântico e Índico, quando chegou a Calicute, abrindo assim o caminho para as Índias. Todavia, a expansão de Portugal em direção a essa região seria limitada devido à falta de armadores e da concorrência holandesa. 

Após a descoberta da América por Cristóvão Colombo — a serviço dos Reis Católicos da Espanha , o rei de Portugal encarregou Vasco de Gama de abrir o caminho para as Índias. Lá o navegador e explorador português criou as bases necessárias para as relações comerciais que se seguiram. Depois de regressar ao país natal, Vasco da Gama retornou às Índias e lá fundou diversas colônias portuguesas, como Goa, Damão e Diu. 

18 de maio

1804: Napoleão Bonaparte é nomeado Imperador da França

Napoleão Bonaparte foi imperador francês, com o título de Napoleão I. Líder político, ditador e comandante do Exército Francês. Sua reforma legal, o Código Napoleônico, teve grande influência na legislação de vários países. Através das guerras napoleônicas, ele foi responsável por estabelecer a hegemonia francesa sobre a maior parte da Europa.

Nasceu neste dia...

1920: Papa João Paulo II

4

No dia 18 de maio de 1920 nascia em Wadowice, na Polônia, Karol Józef Wojtyla, que seria mundialmente conhecido mais tarde como o Papa João Paulo II. Seu papado foi um dos mais longos da história, com início em 1978 e término com a sua morte em 2005. Entre suas principais características estava a capacidade de falar vários idiomas, como português, polonês, esperanto, espanhol, grego, latim, italiano, francês, inglês e alemão.

Também tinha conhecimentos de checo, lituano, russo e húngaro, bem como japonês e idiomas africanos. Foi o primeiro papa a fazer grande uso dos meios de comunicação, em particular a internet.

Outra característica era a busca de laços mais estreitos com os líderes de outras religiões, como judeus, muçulmanos, ortodoxos e tibetanos (por meio de Dalai Lama). João Paulo II morreu no dia 2 de abril de 2005, no Vaticano. Aos 85 anos, ele foi vítima de septicemia e colapso cardiopulmonar irreversível, agravados pela doença de Parkinson.

19 de maio

1905: Albert Einstein publica sua tese sobre a teoria da relatividade

É a junção de dois estudos do alemão Albert Einstein: Teoria da Relatividade Restrita, de 1905, e a Teoria da Relatividade Geral, de 1915. Além de estabelecerem relações entre massa e a energia de um corpo, elas explicam que tempo e espaço são relativos, dependendo do ponto de vista do observador.

A relação entre energia e matéria descoberta pelo alemão está em muitas das tecnologias eletrônicas atuais. O GPS, por exemplo, se comunica com um satélite em órbita, que está sempre se movimentando. Então, é necessário aplicar leis da relatividade para corrigir cálculos e definir seu posicionamento com maior precisão.

20 de maio

325: Realizado o Primeiro Concílio de Niceia

5

O Concílio de Niceia foi o primeiro Concílio Ecumênico realizado pela Igreja Católica; ocorreu entre 20 de maio e 25 de julho de 325 d.C., na cidade de Niceia da Bitínia, atual cidade Iznik (Turquia), província de Anatólia (Ásia Menor), perto de Constantinopla.

O Concílio de Niceia foi realizado com o intuito de harmonizar a Igreja, ao concretizar uma assembleia que representasse toda a cristandade, de modo a discutir as heresias que poderiam dividir a Igreja.

1940: Os primeiros prisioneiros chegam ao campo de concentração de Auschwitz

Auschwitz foi uma rede de campos de concentração localizados no sul da Polônia operados pelo Terceiro Reich nas áreas polonesas anexadas pela Alemanha Nazista, maior símbolo do Holocausto perpetrado pelo nazismo durante a Segunda Guerra Mundial.

A partir de 1940, o governo de Adolf Hitler construiu vários campos de concentração e um campo de extermínio nessa área. A razão direta para sua construção foi o fato de que as prisões em massa de judeus, especialmente poloneses, por toda a Europa que ia sendo conquistada pelas tropas nazistas, excediam em grande número a capacidade das prisões convencionais até então existentes. Ele foi o maior dos campos de concentração nazistas.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.