Será que o pó de nossas casas é composto principalmente por células mortas?
29
Compartilhamentos

Será que o pó de nossas casas é composto principalmente por células mortas?

Último Vídeo

Você já ouviu alguém mencionar que a poeira que encontramos em nossas casas é composto principalmente por células epiteliais mortas que vão se desprendendo do nossos corpos? E você se lembra disso toda vez que se depara com aquelas bolas de pó que transformam as áreas debaixo dos móveis em mini cenários de filmes de cowboys?

Cidade fantasmaVai dizer que você nunca encontrou bolas de poeira debaixo da sua cama? (Giphy)

Pois esse papo é bastante difundido como fato na internet, mas, antes de você achar que pode estar se desmanchando aos poucos ou morrer de nojinho quando for varrer a casa, saiba que esse papo de que a poeira que encontramos é basicamente uma pelota de células mortas é muito mais mito que verdade.

Mito ou verdade?

Isso porque, embora a nossa pele se renove com bastante frequência, a gente não anda por aí espalhando células mortas por todos os lados — como seria o caso de um réptil ou outro animal renovando suas escamas ou pele. Na realidade, apesar de uma pequena parte poder se espalhar no ambiente, a imensa maioria das partículas é eliminada quando tomamos banho e, portanto, vão embora pelo encanamento.

Bola de poeiraCadê as casas autolimpantes? (House Spouse)

Sendo assim, a poeira que encontramos pela casa é composta principalmente por sujeira mesmo, incluindo fibras de tecidos, areia, fezes de insetos, pólen, fuligem, materiais particulados que a gente usa no dia a dia, — como farinhas, pós, resíduos de produtos de limpeza etc. —, poluentes vindos da, “caspinha” e pelos de bichos de estimação (caso você tenha um) e coisas do tipo.

Então, toda vez que abrimos as janelas ou as portas de casa, promovemos a movimentação de partículas que se encontram em suspensão, e elas acabam sendo depositadas sobre as superfícies. Mas não se preocupe, pois apenas uma pequena fração desse pó consiste em células mortas.

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.