Café da Alemanha reabre após quarentena com chapéus inusitados

Café da Alemanha reabre após quarentena com chapéus inusitados

Último Vídeo

Com o relaxamento nas medidas de prevenção à propagação do coronavírus na Europa, diversos países estão adotando novos meios para proteger a população de novas ondas da covid-19, doença que atualmente atinge cerca de 5 milhões de pessoas no mundo todo. Na Alemanha, por exemplo, um café acabou surpreendendo por ofertar a seus clientes chapéus com as famosas boias cilíndricas que lembram espaguetes e canudos. Tudo isso é para garantir que as pessoas se sentem à distância umas das outras.

(Cafe & Konditorei Rothen/Reprodução)(Cafe & Konditorei Rothen/Reprodução)

Isso tudo só é possível por conta das recomendações do governo federal, que pretende fazer a “volta ao normal” de maneira gradual. Contudo, aos poucos, cafés e restaurantes podem voltar a funcionar mesmo com certas restrições, como servir seus clientes apenas nas áreas abertas dos locais. O Rothen Schwerin, na cidade alemã de Schwerin, anunciou suas novidades de reabertura por meio de sua página oficial no Facebook. A proprietária, Jacqueline Rothe, afirmou que a emissora local de televisão RTL foi quem teve a ideia criativa para atrair a atenção dos clientes.

Reabertura divertida

(Cafe & Konditorei Rothe/Reprodução)(Cafe & Konditorei Rothe/Reprodução)

A ação, promovida pela emissora no café de Jacqueline, foi apenas para a reabertura oficial depois de vários dias, em 9 de maio. Os clientes da loja puderam se deliciar novamente com os doces incríveis que por lá são vendidos. 

Em entrevista à CNN, a proprietária afirmou que se surpreendeu com a repercussão positiva da confeitaria na mídia do mundo todo. "Foi uma ação perfeita e, é claro, foi engraçada, nossos clientes gostaram muito. Mas o que isso nos mostrou o quão difícil é manter a distância de 1,5 metros", afirmou ela empolgada.

Ainda de acordo com ela, o estabelecimento, que antes tinha cerca de 36 mesas disponíveis — com 20 delas do lado de fora em dias mais quentes —, agora conta com uma demanda de apenas 12, com oito delas do lado de fora. Tudo isso para garantir que as recomendações sanitárias sejam atendidas e que o coronavírus esteja cada vez mais distante da região.

A chanceler alemã Angela Merkel suspendeu a maior parte das restrições no território alemão após afirmar que o país estava fora da primeira fase da pandemia. Vale lembrar que na Alemanha já morreram pouco mais de 8 mil pessoas com a doença.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.