Caesar, a lhama 'ativista' que oferece abraços e afagos em protestos

Caesar, a lhama 'ativista' que oferece abraços e afagos em protestos

Último Vídeo

Caesar, a lhama "ativista", está sendo cada vez mais requisitada em diversos movimentos políticos pela América do Norte. Apoiador dos direitos civis e das causas progressistas, o animal marca presença em inúmeros protestos para receber abraços, distribuir sorrisos e acalmar os ânimos dos envolvidos, reunindo pessoas ao seu redor e levando o espírito da paz para onde for.

Atualmente com seis anos de idade, o animal, nascido na Argentina, conta com um staff de primeira, com três assistentes pessoais e Ariel Knox monitorando as redes sociais. Além disso, Larry McCool, seu dono e fundador do "lhamativismo", é o grande companheiro de todas as horas.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Caesar the No Drama Llama (@caesarthenodramallama) em

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Caesar the No Drama Llama (@caesarthenodramallama) em

"Caesar é muito ativo socialmente e sabe que é especial, pois apoia boas causas. Ele adora eventos com muitas pessoas, adora receber carinho e abraços e entende perfeitamente o que está fazendo", comentou McCool, em entrevista para a Agência Efe. "Quero deixar claro que não cobramos, o que fazemos é, sem nenhum custo. Estamos indo para escolas, creches, escolas e desfiles só para mostrar o nosso apoio em diferentes eventos."

Black Lives Matter

Participantes de mais de 10 protestos do Black Lives Matter em Portland e em mais de 50 espalhados pelo continente, a dupla Caesar e McCool não distingue as ações, estando sempre a postos para apoiar causas que acreditam ser justas e adequadas ao viés social e democrático. 

(Fonte: thenodramallama/Facebook)(Fonte: thenodramallama/Facebook)

A lhama começou a carreira no ativismo em 2018, durante a campanha de Bill Burgess para um cargo político em um condado de Oregon. Foi em 2019, então, na Marcha das Mulheres de Portland, que o animal passou a ser reconhecido como símbolo dos movimentos sociais, chegando a criar um movimento próprio, o "No Llama Drama", que reúne pessoas que desprezam o drama cotidiano e agem para tornar pacíficas as relações sociais.

(Fonte: Trish Conlon/Reprodução)(Fonte: Trish Conlon/Reprodução)

Caesar e McCool chegaram a ser entrevistados durante os protestos do Black Lives Matter para comentar um pouco sobre sua dinâmica, a importância da participação e, logicamente, o papel da lhama ao marcar presença nos movimentos sociais norte-americanos. Caesar, para varias, esboçou toda sua tranquilidade e foi um gentleman em frente as câmeras. 

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.