Tá servido? Bebidas nojentas são a grande atração de museu sueco

Tá servido? Bebidas nojentas são a grande atração de museu sueco

Último Vídeo

O Disgusting Food Museum, em Malmo, Suécia, abriu as portas para uma nova atração, dando continuidade aos seus serviços, no mínimo, duvidosos. Conhecido por fazer jus ao seu nome ao trazer um cardápio de bebidas e comidas que vão muito além do exótico, a nova exibição do local coloca os visitantes para degustar bebidas alcóolicas bizarras, com a presença de itens como gim de formiga e vinho de cocô.

Responsável não apenas por despertar sensações contraditórias no público, o museu sueco não apenas brinca com os limites do bom senso humano, mas também colabora com a ampliação de um conhecimento de mundo ao trazer alimentos curiosos e, até mesmo, comuns em diversas partes do planeta. 

Apesar de alguns deles serem modificações para tornar o cardápio mais chocante, como no caso da estranha cerveja escocesa dentro de um esquilo empalhado - considerada a  mais forte do mundo, com 55% de álcool por volume - a direção do museu garante que as bebidas são consideradas potáveis.

(Fonte: Disgusting Food Museum/Reprodução)(Fonte: Disgusting Food Museum/Reprodução)

“Encontramos as bebidas alcoólicas mais estranhas, interessantes e desafiantes do mundo. Algumas das bebidas alcoólicas exibidas mostram diferentes tipos de álcool caseiro que remontam há milhares de anos, enquanto outras são experimentais, feitos por cervejeiros locais”, disse o diretor do museu, Andreas Ahrens.

A exposição das bebidas alcoólicas iniciou em 5 de setembro e irá permanecer em Malmo por mais três meses. Com a proposta de “desafiar as suas noções”, a atração promete afiar o paladar dos curiosos e transformar completamente suas concepções de "bebida ruim".

Cardápio exótico ou nojento?

Mais conhecido por servir regularmente pratos como queijo de larva da Sardenha, carne de tubarão fermentada da Islândia, smoothies de rã peruana e outros itens que beiram ao absurdo, a nova aposta do Disgusting Food Museum leva o público a conhecer alguns dos destilados aparentemente mais intragáveis do planeta.

(Fonte: Disgusting Food Museum/Reprodução)(Fonte: Disgusting Food Museum/Reprodução)

Durante três meses, a exposição irá ofertar degustações do vinho de arroz conhecido como Ttongsul, que já havia sido utilizado na medicina e sul-coreana e é produzido com a fermentação de fezes humanas, e do gim de formiga, que contém 62 formigas-de-madeira-vermelha responsáveis por dar um tom cítrico à bebida.

E aí, você teria coragem de tomar algumas dessas bebidas? Conte para nós na seção de comentários!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.