Seja o primeiro a compartilhar

Mãe viraliza após falar sobre menstruação com seus filhos homens

Mesmo sendo um processo totalmente natural do corpo humano, a menstruação ainda é vista como um tabu na maior parte do mundo — com algumas situações bizarras, em alguns países específicos, como nós já contamos nesse outro post

Até no ocidente — que costuma ser uma região mais progressista — não é raro ver homens morrendo de nojo simplesmente ao ouvir falar de menstruação. Comprar um pacote de absorventes para sua companheira ou apenas ajudar uma amiga quando ela está precisando de um é encarado como um constrangimento por muitos. Se você tiver teorias que expliquem porque a menstruação ainda é um tabu tão grande no mundo, conte para a gente nos comentários — para este redator, é algo incompreensível. 

Nesse contexto, é interessante observar essa história que viralizou nos Estados Unidos. Na publicação, Tara Ahrens conta que tem dois filhos adolescentes, Elijah e Micah, que costumam carregar absorventes em suas mochilas — a ideia é dar assistência a alguma colega que esteja precisando. Afinal, quase toda mulher já passou pela constrangedora situação de sentir o sangue descer e não ter nenhum deles na bolsa. 

Essa é a mãe (Fonte: Tara Ahrens/Facebook)
Essa é a mãe (Fonte: Tara Ahrens/Facebook)
E os dois meninos — que não tem problema em falar sobre menstruação (Fonte: Tara Ahrens/Facebook)
E os dois meninos — que não tem problema em falar sobre menstruação (Fonte: Tara Ahrens/Facebook)

“Por que tem que ser constrangedor?”

Esse, aliás, foi um dos pontos principais do discurso de Tara para seus filhos: por que um processo natural do corpo humano causa tanto constrangimento? A mãe explicou que esse tipo de situação — uma mulher precisar de um absorvente — precisa ser vista de uma forma tranquila e corriqueira. 

Por isso, também não há problema nenhum em seus dois filhos, do sexo masculino, carregarem um ou dois desses produtos na mochila para ajudar alguma colega. Afinal, as mulheres emprestam absorventes umas às outras o tempo todo — e Elijah e Micah não vão se tornar menos homens se fizerem isso também. 

Segundo Tara, os dois meninos contaram que alguns de seus colegas tiraram sarro da história toda, quando souberam. Ainda assim, eles continuaram levando os absorventes e, logo, as brincadeiras cessaram. Já houve um dia em que uma das meninas da turma precisou usar a ajuda de Micah, o mais velho. 

No fim das contas, o que essa história nos ensina é que desconstruir tabus de gênero é algo saudável para todos, sejam meninos e meninas. Na medida em que Elijah e Micah se tornam homens menos constrangidos com coisas normais — como uma menstruação — eles ganham e as mulheres que convivem com eles também. E você, o que achou da ideia dessa mãe? 

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.