Seja o primeiro a compartilhar

Cuscuz: as curiosidades de uma comida amada pelos brasileiros

O cuscuz, feito com farinha de milho, é uma iguaria tão difundida pelo Brasil que muitas pessoas acreditam ser um prato criado na nossa terrinha. Porém, isso não é verdade! A origem do prato, na verdade, ocorreu no Oriente Médio ou mais precisamente na África Subsaariana. 

Posteriormente, o alimento acabou caindo nas graças dos povos europeus e foi trazido para a cultura brasileira através dos colonizadores portugueses. Desde então, o cuscuz ganhou diversas versões utilizando ingredientes diferentes, sendo reproduzidas por todas as regiões do país e se tornando um prato muito querido entre os brasileiros.

A origem do cuscuz

(Fonte: Pinterest/Reprodução)(Fonte: Pinterest/Reprodução)

Desde que o cuscuz de trigo foi inventado pelos povos berberes ao norte africano durante o século XI ou XII, ele passou a se espalhar para outros povos e culturas pelo mundo. Na Europa, sua chegada veio por meio de imigrantes argelinos, marroquinos e tunisianos.

Além disso, existem evidências de que o método utilizado para cozinhar o cuscuz — fervendo os grãos no vapor d'água em uma panela especial — tenha surgido ainda antes desse período, com início da técnica antes do século X na região que hoje forma a África Ocidental.

Por mais que o cuscuz de milho seja o mais tradicional no Brasil, essa não foi uma tendência em sua região originária. Como a farinha de milho demora mais para cozinhar e inicialmente não tinha um sabor agradável para a cultura local, países como Guiné e Senegal seguem até hoje fazendo receitas de cuscuz de trigo ou cuscuz de arroz.

Cuscuz na culinária brasileira

(Fonte: Pinterest/Reprodução)(Fonte: Pinterest/Reprodução)

Sendo um dos pratos mais marcantes que foram 'abrasileirados', o cuscuz tornou-se uma variedade de receitas que se adequam dependendo da região do Brasil onde você está. Mesmo que, em tese, a receita seja simples e envolva cozinhar o cereal no vapor, são inúmeros os métodos de preparo.

Na Bahia, por exemplo, adiciona-se leite de coco ao grão para lhe dar maior riqueza de sabor e podendo ser servido junto de camarão e pimenta. Em Minas Gerais, queijo, torresmo e couve são alguns dos acompanhamentos que seguem o cuscuz. Em certas regiões, até mesmo receitas de cuscuz doce podem ser encontradas no menu de sobremesas.

E através dessa festa de sabores, os brasileiros mais uma vez mostraram maneiras diversificadas e intensas de se cozinhar!

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.