Seja o primeiro a compartilhar

Por que em 2024 vão começar 'os loucos anos 20' do século XXI?

Será que estamos prestes a viver anos revolucionários que vão mudar a História? Segundo um especialista, sim. Em entrevista ao TSF Rádio Notícias, o sociólogo Nicholas Christakis, da Universidade de Yale, Estados Unidos, falou sobre o enfrentamento à pandemia e afirmou que o encerramento da crise sanitária mundial irá dar início ao que chama de "loucos anos 20", com direito a uma verdadeira revolução social regada pelas artes, negócios e pelos princípios libertários, tudo isso previsto para começar a acontecer em 2024.

Segundo o autor da obra A flecha de Apolo: o impacto profundo e duradouro da covid-19 no nosso modo de vida, a humanidade teve sua "estupidez" provada com a chegada da pandemia, a partir do momento em que passou a encará-la como um filme de terror e caos generalizado. Essa comoção global, então, já seria algo previsível caso ocorresse uma análise reflexiva da história, pois apesar de serem "aleatórias", as pandemias graves "acontecem a cada 50 ou 100 anos". 

"Nós pensamos que isso é uma loucura. Como é que isso pode estar acontecendo? Mas, de fato, os seres humanos já sofrem de pestes há milhares de anos, certo?", disse Christakis. "Quer dizer, estão presentes na Bíblia, na história de Homero, estão nas obras de Shakespeare. As pestes são parte da condição humana", ele completou.

(Fonte: EPFL / Reprodução)(Fonte: EPFL / Reprodução)

Apesar de ver com otimismo e como é algo recorrente na história da humanidade, o sociólogo reforça o impacto negativo das mentiras e da culpabilização, traçando a pandemia como "tempos de luto" que não são tão graves quanto outras eras, pois enquanto a covid atinge fatalmente cerca de 1% das pessoas que infecta, a peste bubônica tinha uma taxa de mortalidade de 50%, agravada por problemas sanitários e sociais entre o século XIV e XVIII.

A volta dos "anos loucos"

Christakis acredita que o pós-pandemia não alterará o estilo de vida das populações, mas que o início de 2022, quando o planeta iniciar a recuperação definitiva da crise, será marcado por novas dificuldades envolvendo o "choque social, econômico e psicológico", que deverá durar aproximadamente 2 anos. "No próximo ano, viveremos como estamos vivendo agora: usando máscaras, com distância social, com encerramento de negócios", comentou o autor.

(Fonte: GQ Magazine / Reprodução)(Fonte: GQ Magazine / Reprodução)

Após essa espera, as pessoas estarão prontas para viver "os loucos anos 20" já em 2024, assim como ocorreu na década de 1920. Nessa época, a população mundial partiu para festas desenfreadas, muitos gastos e lotações nas ruas, tratando com euforia a superação de guerras e crises internacionais, retomando as práticas habituais que tinham nos anos anteriores.

A efervescência cultural, também conhecida como a "Era do Jazz", marcou um sentimento de ruptura com as antigas tradições e impulsionou a modernidade, dando luz a cinema, rádios, aviação, televisão, medicina e várias outras áreas de valor; um verdadeiro sentimento sem precedentes.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.

Comentários

Você já percebeu que passamos por algumas mudanças por aqui, né? Uma delas é melhorar também o nosso campo de comentários - e nada melhor do que você, nosso leitor, para nos ajudar e garantir que a gente esteja no caminho certo. Substituímos temporariamente nossos comentários por uma pesquisa rápida para implementarmos mais uma melhoria. Como você acredita que nossa interação pode ser mais próxima aqui?

CLIQUE AQUI PARA RESPONDER