Assista a este vídeo e descubra se o seu QI é alto
696
Compartilhamentos

Assista a este vídeo e descubra se o seu QI é alto

Último Vídeo

Embora o coeficiente de inteligência — ou QI — não deva ser entendido como sinônimo de que uma pessoa é mais esperta do que outra, quem é que não se sente curioso em saber se a sua pontuação é alta ou baixa? Então, prepare-se para assistir ao vídeo abaixo, produzido por pesquisadores da Universidade de Rochester, nos EUA.

A animação está em inglês, mas tudo o que você precisa fazer é prestar atenção nas barras que aparecem durante a animação. Primeiro, confira se você consegue perceber algum movimento. Depois, preste atenção no sentido em que as barras se movem — da direita para a esquerda ou da esquerda para a direita —, e se é mais fácil identificar esse movimento nos desenhos maiores ou menores. Preparado?

Barrinhas e movimento

Como você pode conferir, as imagens são apresentadas em tamanhos diferentes, e os pesquisadores mediram quanto tempo os participantes do estudo precisavam para identificar a direção na qual as barras se moviam. Eles descobriram que os indivíduos com mais facilidade para perceber o movimento nos desenhos menores de um modo geral também eram os que apresentavam os QIs mais altos.

Fonte da imagem: shutterstock

Segundo os pesquisadores, isso ocorre porque as pessoas com coeficientes de inteligência mais altos parecem ter uma maior facilidade em perceber o movimento das barras menores, já que filtram melhor o que está acontecendo no fundo, focando sua atenção em coisas pequenas com mais eficiência.

Vale lembrar que ter um QI alto não significa, necessariamente, que um indivíduo é superinteligente, já que se trata de um teste padronizado que apresenta uma medida muito específica como resultado. Medir a inteligência humana como um todo é muito mais complexo do que isso, e tudo o que o experimento do vídeo faz é ajudar a prever o resultado dos testes-padrão. E você, leitor, teve o resultado esperado depois de assistir a animação?

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.