Cueva de las Manos: a “galeria de arte” pré-histórica de milhares de anos
121
Compartilhamentos

Cueva de las Manos: a “galeria de arte” pré-histórica de milhares de anos

Último Vídeo

Você já tinha visto a imagem acima antes? Ela mostra um dos exemplos mais espetaculares de arte rupestre do mundo, descoberto no interior de uma caverna que ficou conhecida como “Cueva de las Manos” — ou Caverna das Mãos em tradução livre. Esse lugar incrível fica situado no vale do Rio Pinturas, na Patagônia, Argentina, e abriga muitas outras figuras desenhadas pelos povos que ocupavam a região há milhares de anos — possivelmente, os ancestrais da cultura Tehuelche.

Muitas mãos

Além do “mural” das mãos, as paredes da caverna também contam com cenas de caça, desenhos de animais — como felinos, emas, guanacos (Lama guanicoe) e outros bichos —, humanos e figuras geométricas. De acordo com levantamentos realizados por arqueólogos, as imagens foram criadas entre 13 mil e 9,5 mil anos atrás e mostram três estilos “artísticos” distintos, o que deixa claro que as ilustrações foram feitas ao longo de diferentes períodos.

Murais surpreendentes

No caso das pinturas das mãos, os pesquisadores acreditam que elas foram criadas por volta do ano 5 mil a.C., e que os “artistas” pré-históricos usaram ossos ocos como para fazer as silhuetas. Mais precisamente, como a maioria das mãos retratadas são as esquerdas, os arqueólogos argumentam que os pintores provavelmente apoiaram essas mãos nas paredes da caverna enquanto usavam as direitas para segurar os ossos usados para soprar (e espirrar) as “tintas”.

Desenho mostrando o final de uma caçada (Cueva de las Manos)

Ainda de acordo com os cientistas, os “decoradores” das cavernas usaram pigmentos minerais feitos a partir de óxidos de ferro — para conseguir tons de vermelho e roxo —, óxido de manganês (para conseguir a cor preta), argila branca (para o tom branco), e a natro-jarosita, para conseguir os tons alaranjados.

Arte rupestre (Cueva de las Manos)

As representações de animais, de seres humanos e as cenas de caça foram criadas por volta do ano de 7,3 mil a.C. e dão pistas sobre como era a vida na época dos artistas pré-históricos. As imagens mostram, por exemplo, diferentes estratégias usadas para capturar as presas e deixam evidente que o guanaco parecia estar entre os animais favoritos. Com relação às armas de caça, a da vez parecia ser a bola — um dispositivo que consistia em tiras contendo pesos nas extremidades e que, quando lançado, se enroscava nas patas do bicho caçado.

Cena mostrando uma emboscada (Cueva de las Manos)

A câmara principal da caverna mede cerca de 24 meros de profundidade, 15m de largura e 10 metros de altura no ponto mais alto, e os desenhos foram descobertos em 1941, por padre chamado Alberto M. de Agostini, que publicou um livro sobre o achado. Nas décadas seguintes, a caverna foi detalhadamente estudada por diversas expedições de cientistas e, em dezembro de 1999, se tornou Patrimônio Mundial da Humanidade da UNESCO.

***

Você sabia que o Mega Curioso também está no Instagram? Clique aqui para nos seguir e ficar por dentro de curiosidades exclusivas!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.