Rinocerontes são avistados voando de cabeça para baixo em Namíbia

Último Vídeo

Imagens de rinocerontes voando presos e de cabeça para baixo em Namíbia chocaram os internautas. Porém, existe um bom motivo para isso, afinal, as organizações de resgate precisaram adotar medidas extremas para salvar essas criaturas, já que a caça furtiva ameaçou deixá-los em extinção.

Então, para retirá-los das áreas de risco, alguns foram sedados e carregados de cabeça para baixo por helicópteros, sendo levados para outros locais mais seguros ou aeroportos, de onde partiriam para viagens mais longas.

(Fonte: Cornell: Escola de Medicina e Veterinária/Reprodução)
(Fonte: Cornell: Escola de Medicina e Veterinária/Reprodução)

Um método estranho, porém seguro

Atualmente, cerca de 5.500 rinocerontes vivem em Namíbia, representando 1/3 do número total no mundo. Sendo assim, outro motivo para transportá-los é o incentivo da procriação, logo, eles são levados para áreas de conservação. Mas, como voar de cabeça para baixo pode ser mais seguro?

Vale lembrar que são animais muito pesados. Além disso, o terreno em Namíbia é muito difícil de ser atravessado, tornando os helicópteros uma opção muito mais segura. Sedá-los é, com certeza, a melhor forma de evitar desconfortos durante a viagem e até mesmo movimentos súbitos que poderiam acarretar em queda.

A maioria dos animais é transportada deitada quando precisa ser realocada. Porém, no caso desses “chifrudinhos”, os cientistas descobriram que levá-los de cabeça para baixo era mais adequado para sua anatomia.

(Fonte: Cornell: Escola de Medicina e Veterinária/Reprodução)
(Fonte: Cornell: Escola de Medicina e Veterinária/Reprodução)

Embora ainda existam riscos toda vez que precisem ser transportados, a necessidade fez com que os testes fossem necessários. Então, as pesquisas conduzidas descobriram que os sistemas cardiovasculares e respiratórios do animal não eram comprometidos, como no caso de levá-los de lado.

De cabeça para baixo, os níveis de oxigênio do rinoceronte ficam mais altos. Então, por mais estranho que seja ver fotos de rinocerontes voando dessa forma, a verdade é que esse é o método mais seguro de levá-los e garantir sua sobrevivência. 

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.