Seja o primeiro a compartilhar

6 produtos de empresas famosas que fracassaram miseravelmente

O caminho até o sucesso pode ser bastante tortuoso para todos. Até mesmo as grandes empresas que dominam o mercado nos dias de hoje costumam ter falhado alguma vez durante as suas trajetórias. Às vezes, o lançamento de um produto acaba não tendo a recepção esperada pelo público e os executivos terminam quebrando a cara.

Por isso, nós separamos uma lista com seis vezes em que empresas famosas tentaram lançar algo novo e acabaram esbarrando com tudo no fracasso. Olha só!

1. Macintosh TV da Apple

(Fonte: Apple/Divulgação)(Fonte: Apple/Divulgação)

Fundada por Steve Jobs e Steve Wozniak em 1976, a Apple se tornou uma das empresas mais importantes no comércio de aparelhos eletrônicos do mundo. Porém, nem todo projeto do império tecnológico se saiu tão bem quanto os iPhones, por exemplo.

Em 1993, a Apple lançou a Macintosh TV, que deveria funcionar como um híbrido de uma televisão e de um computador Mac. Além de caro, o produto nunca estava disponível em estoque e foi descontinuado apenas quatro meses depois do lançamento.

2. Coca-Cola Diet com chá verde

(Fonte: Internet/Reprodução)(Fonte: Internet/Reprodução)

Mesmo tendo construído seu sucesso pela venda de refrigerantes, a Coca-Cola tentou inovar em seus produtos em 2009. Na época, a empresa passou a produzir a Coca Diet + Chá Verde no Japão com a expectativa de que a bebida se tornasse um grande sucesso no continente asiático.

Por mais que os japoneses sejam grandes consumidores de chá verde, o gosto do novo produto nunca agradou e terminou não sendo lançado em outros países.

3. Comida da Colgate

(Fonte: Internet/Reprodução)(Fonte: Internet/Reprodução)

Antes de se tornar a referência no mercado de higiene pessoal que é hoje, a Colgate passou por uma fase de experimentações no passado. Em 1964, a companhia tentou entrar para campo de alimentos de conveniência que gerava US$ 4,2 bilhões por ano nos Estados Unidos.

Porém, como a marca já era associada às pastas de dente, a tentativa de desenvolver refeições acabou fracassando e nunca foi para frente.

4. Pão preto do Burger King

(Fonte: Internet/Reprodução)(Fonte: Internet/Reprodução)

No Halloween de 2015, o Burger King criou uma incrível jogada de marketing ao lançar um Whopper especial com fatias de pão preto para simbolizar a data especial. Porém, o sanduíche acabou causando um bocado de problemas para seus consumidores no dia seguinte.

Ao que parece, o estomago humano não está preparado para absorver a quantidade de corante usada no alimento e diversos clientes apresentaram fezes esverdeadas após o consumo. Bizarro!

5. Fire Phone da Amazon

(Fonte: Amazon/Divulgação)(Fonte: Amazon/Divulgação)

A Amazon de Jeff Besos fez um movimento de mercado arriscado em 2014 quando tentou entrar para o comércio de celulares. Naquele ano, a empresa anunciou o lançamento do Fire Phone, um produto que deveria rivalizar com os aparelhos Apple e Android.

Só que, além de ter entrado muito tarde no mercado, a loja de aplicativos da empresa possuía muito menos opções que as de seus concorrentes e o número de vendas foi por água abaixo. 

6. Protetor labial com gosto de salgadinho

(Fonte: Internet/Reprodução)(Fonte: Internet/Reprodução)

O que poderia dar errado em uma marca de salgadinhos tentar vender protetores labiais? Simplesmente tudo! Em 2005, a Frito Lays, responsável pelo negócio, lançou o Cheetos Lip Balm, um protetor labial com gosto de queijo.

Não demorou muito para que diversas respostas negativas ao produto começassem a pipocar por todos os cantos e a companhia notar que deveria se manter apenas na produção dos famosos salgadinhos.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.