Próxima Parada: Bulgária – conheça mais esse belíssimo país da Europa
198
Compartilhamentos

Próxima Parada: Bulgária – conheça mais esse belíssimo país da Europa

Último Vídeo

Hoje o Próxima Parada vai fazer você viajar um pouquinho pela Bulgária, um país incrível, cheio de construções históricas, com belezas naturais e cultura rica e fascinante, além de arquitetura imponente e cidades repletas de atrativos.

A Bulgária faz fronteira com diversos países que vocês já puderam conferir aqui, como a Romênia, a Turquia e a Grécia. E, assim como esses outros países são fantásticos, o território búlgaro guarda muitas semelhanças com eles quanto a paisagens exuberantes e História.

Além de ter esses vizinhos, a Bulgária é ainda banhada pelo Mar Negro ao leste e também faz fronteira a oeste com a Macedônia e Sérvia. A área total do país é de quase 111 mil quilômetros quadrados, sendo um pouquinho maior que o nosso estado de Pernambuco.

No último censo, registrado em 2011, a população do país estava em 7.928.901 de pessoas, que se concentram na área urbana. A capital búlgara é Sófia (ou Sofia), uma das mais antigas da Europa, possuindo uma história de mais de 7 mil anos. O país faz parte da União Europeia desde primeiro de janeiro de 2007 e da OTAN desde 2004.

Um pouquinho de História

As terras búlgaras serviram de palco para acontecimentos e batalhas importantes na História por muito tempo — desde antes de Cristo. Por volta do século 8 a.C. surgiu o primeiro vilarejo que veio a se tornar a capital Sófia, mas que ganhou esse nome apenas no século 14 depois de Cristo.

Os búlgaros e os Impérios Bizantinos dominaram o sudeste da Europa, mas até o final do século 14 a região foi invadida pelos turcos otomanos, que tomaram o poder. A Bulgária só recuperou a sua independência em 1878, em grande parte devido à intervenção da Rússia.

Depois o país ficou sob influência da União Soviética e tornou-se uma República Popular em 1946. O governo comunista foi encerrado em 1989, dando mais liberdade de crescimento ao país e abrindo as portas ao turismo e à economia.

Cultura e arquitetura

O turismo na Bulgária é bastante centrado nas suas belas construções históricas e artes relacionadas à religião, contidas em igrejas, museus e mosteiros. Falando em mosteiros (ou monastérios), eles tiveram um papel muito importante na história búlgara, pois tinham, além de sua função original, a referência de refúgio em batalhas, servindo ainda como centros patrióticos.

A Bulgária ainda abriga diversas construções e marcos dos povos antigos e civilizações que habitaram a região. Os trácios, por exemplo, deixaram a sua marca em todas as áreas do sul e centro do país, e os túmulos de alguns dos seus reis e da nobreza da época ainda podem ser vistos hoje em dia.

Além disso, resquícios de 2,5 mil anos de colonização grega e helenística são evidentes ao longo da costa búlgara, enquanto, em outros lugares, fortes, casas de banho e teatros indicam o alcance e os recursos mais abastados do Império Romano em seu apogeu.

A capital

A capital, Sófia, não é nenhuma grande metrópole, nem a parte que atrai mais os turistas, que geralmente se encaminham direto para os resorts do Mar Negro.

No entanto, é uma cidade em grande parte moderna, jovem, mas que também apresenta a parte antiga de forma bem charmosa, com grandes igrejas de cúpulas redondas, mesquitas otomanas e monumentos do Exército Vermelho que compartilham o visual com grandes shoppings e hotéis atuais.

A cidade também é repleta de parques e jardins, que oferecem um descanso das ruas movimentadas, além de ótimos museus, teatros, galerias, bares e restaurantes. Tudo muito bonito e com um charme especial.

Natureza 

Apesar de não ser um país grande, a sua faixa de litoral é extensa em comparação com a dos outros países que o cercam, tendo 380 quilômetros de área costeira com praias incríveis banhadas pelo Mar Negro.

Além disso, o país é cortado pela cordilheira dos Bálcãs, o que proporciona a existência de paisagens montanhosas de tirar o fôlego, oferecendo ainda ótimas opções de turismo e hotéis nesses locais. Com isso, o turismo de aventura também tem bastante força nessas regiões, que ainda abrigam nascentes minerais curativas, cavernas e cerca de 3 mil espécies de plantas.

Para quem ama caminhadas na natureza, um extenso sistema de trilhas e cabanas torna mais fácil para os viajantes desfrutarem das belas paisagens. Além disso, guias e empresas especializadas podem levar você à observação de animais como ursos, linces e lobos.

Gastronomia

A culinária búlgara é bastante diversificada, composta por muitos tipos de pães deliciosos, saladas variadas, cozidos e outros pratos locais. Muitos dos pratos são preparados de acordo com receitas tradicionais transmitidas de geração em geração ao longo dos séculos.

Um dos itens mais populares do país é a banitsa, um tipo de massa (enrolada e assada) que pode ser recheada com queijo, espinafre, arroz ou carne. Outros pratos populares incluem panquecas, buhtas (bolinhos) e mekitsas (pedaços de massa frita) servidos com geleia, compotas, mel ou iogurte búlgaro (que dizem ser o melhor do mundo).

Outro prato bastante consumido por lá é Tarator, uma sopa fria de pepino preparada com iogurte, endro, nozes e especiarias moídas. E também tem as receitas preparadas com batatas, sendo algumas das preferidas dos búlgaros, como o Ogreten (gratinadas), o Patatnik, ensopado de batata e, é claro, a batata frita.

Mais fatos e curiosidades sobre a Bulgária

  • A Bulgária está em terceiro lugar na lista dos países com mais valiosos sítios arqueológicos descobertos em seus territórios, precedida apenas pela Grécia e Itália;
  • Há evidência histórica sólida de que o vinho foi produzido no território do que hoje é moderna Bulgária desde a Idade da Pedra;
  • Os búlgaros expressam aprovação virando a cabeça de um lado para o outro em vez do nosso movimento de concordar. E, para expressar o não, eles balançam para cima e para baixo. Ou seja, o contrário do que fazemos aqui;
  • O famoso óleo de rosa búlgara é usado para fazer alguns dos perfumes mais caros do mundo;
  • Como falamos acima, o iogurte búlgaro é conhecido como o melhor do mundo graças à bactéria Lactobacillus bulgaricus utilizada para a sua produção, que só pode ser encontrada no território do país;
  • A Bulgária é o país com o maior número de fontes minerais naturais da Europa Continental, sendo mais de seiscentas;
  • O famoso criador do Facebook, Mark Zuckerberg, tem origem búlgara e teve o seu nome inspirado em seu avô búlgaro, Marko, que emigrou da Bulgária em 1940;
  • A Bulgária tem a mais antiga igreja ortodoxa eslava no mundo;
  • O exército búlgaro é a única força em todo o mundo que nunca perdeu uma única bandeira, apesar de participarem ativamente nas guerras da Europa desde o século 19;
  • O primeiro relógio digital do mundo foi inventado pelo búlgaro Peter Petrov.

* * *

Esperamos que tenham curtido essa viagem, pois semana que vem o Próxima Parada volta com mais um país para vocês conhecerem. Até breve!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.