Braço de robô muda a vida de adolescente com doença nos ossos
92
Compartilhamentos

Braço de robô muda a vida de adolescente com doença nos ossos

Último Vídeo

Dee Faught tem 17 anos e sofre de osteogênese imperfeita, vulgarmente conhecida como "doença dos ossos frágeis". Quem nasce com esta condição não produz colágeno ou não tem a capacidade de sintetizá-lo. Isso torna os ossos extremamente quebradiços, sendo que muitas crianças com a doença já nascem com fraturas e, geralmente, muitas delas não sobrevivem.

Aquelas que conseguem sobreviver, como foi o caso de Dee, sofrem diversas fraturas durante toda a vida e não se desenvolvem como as crianças normais, se tornando pequenas e com deformações no corpo. No entanto, as capacidades mental e motora dessas pessoas não são alteradas. E, para o jovem Dee, algo foi criado para melhorar a sua vida.

Braço de robô

Durante anos, Dee tem sido incapaz de realizar tarefas simples, como alcançar uma maçã na mesa, um papel ou um brinquedo. Mas, agora, ele conseguiu um grau de independência graças à criação de um equipamento feito pelos estudantes de engenharia da Universidade Rice, nos Estados Unidos.

A equipe passou dois anos projetando e construindo para Dee uma garra que é acoplada na parte de trás da cadeira de rodas do adolescente e pode ser controlada através de um controle de PlayStation. 

Além de ser uma grande ajuda para a liberdade do garoto, os criadores afirmaram que o projeto teve um custo de apenas 800 dólares, o que é considerado barato, visto que sistemas similares podem ser encontrados por valores de até 20 mil dólares. Confira no vídeo Dee usando o seu novo braço mecânico e a emoção de seus pais. 

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.