Seja o primeiro a compartilhar

Como parar de roer as unhas?

Roer as unhas é uma prática comum entre crianças e jovens. Alguns deixam este “costume” para trás quando crescem e outros continuam mesmo depois de adultos. Saiba por que as pessoas têm este hábito, os seus malefícios e dicas de como parar.

Por que as pessoas roem as unhas?

Fonte: Freepik/DivulgaçãoFonte: Freepik/Divulgação

Não há uma resposta exata do porque as pessoas roem as unhas, mas existem alguns gatilhos que podem causar o hábito, como algo que ative os seus sentidos, pensamentos ou ansiedade. 

A prática também pode ter se tornado apenas algo rotineiro, em que você já nem percebe mais que está levando a mão à boca. 

Roer as unhas faz mal?

Fonte: Freepik/DivulgaçãoFonte: Freepik/Divulgação

Com a pandemia do coronavírus, ficamos mais atentos aos perigos de colocar a mão nos olhos ou na boca. Mas a covid-19 não é o único vírus que vive na superfície e que pode ser transmitido ao entrar em contato com o nosso rosto.

Além disso, roer as unhas pode causar pequenos cortes, o que aumenta o risco de contrair bactérias e fungos e infeccionar a área. 

Como parar de roer as unhas?

Fonte: Element5 Digital/PexelsFonte: Element5 Digital/Pexels

Deixar de roer as unhas não é uma tarefa fácil, mas é possível. Separamos algumas dicas que costumam ajudar quem quer cortar este hábito. 

Deixar as unhas bem curtas pode ser uma solução. Com elas cortadas, fica difícil conseguir mordê-las.  

Uma outra técnica bastante usada para quem quer se livrar dessa prática é a de deixar os dedos com gosto ruim. Além de esmaltes específicos para impedir a pessoa de roer a unha, há quem passe pimenta no local. De qualquer forma, o sabor terrível irá fazer você repensar antes de colocar a mão na boca.

Para os mais vaidosos, uma boa dica é investir na manicure. Com as unhas bem feitas, você não vai querer estragar o lindo trabalho. 

Por fim, encontre o gatilho que faz com que queira roer as unhas. Quando você entende o que te leva ao impulso, você consegue encontrar outras soluções para lidar com a situação.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.